Topo

Japão

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Japonês Honda anuncia aposentadoria da seleção após eliminação da Copa

Anne-Christine Poujoulat/AFP
Honda comemora gol marcado pelo Japão contra o Senegal na Copa do Mundo Imagem: Anne-Christine Poujoulat/AFP

Michael Church

2018-07-03T11:31:35

03/07/2018 11h31

O meio-campista Keisuke Honda e o capitão Makoto Hasebe anunciaram que vão se aposentar da seleção do Japão após a eliminação do país da Copa do Mundo por derrota para a Bélgica na segunda-feira (2).

Brasil disputa vaga nas semifinais às 15h de 6ª; veja tabela das quartas
Neymar faz o que CR7 e Messi não fizeram e passa Garrincha
Próxima rival do Brasil, seleção belga é agressiva, vertical e vulnerável

Honda, de 32 anos, entrou como substituto na partida das oitavas de final contra o time de Roberto Martínez, mas não conseguiu impedir a derrota por 3 a 2 para a Bélgica. "Hoje (segunda) mostramos como podemos progredir como futebol japonês", disse o ex-meio-campista do Milan a repórteres depois da partida.

"Posso ter encerrado minha carreira na seleção, mas estou feliz porque temos muitos jogadores jovens nos seguindo, e acho que eles escreverão uma nova história para o futebol japonês", continuou o astro, hoje no Pachuca, do México.

"Esta é a última Copa do Mundo para mim", acrescentou Honda. "Esta é a realidade. Para ser totalmente sincero, eu queria levar todos à próxima fase, mas não consegui. Fiz tudo que pude. Fiz o melhor que pude".

Honda, que marcou 37 gols em 98 atuações para sua seleção, teve algumas chances de garantir uma vitória para os japoneses antes do desfecho frustrante.

Já Hasebe anunciou sua aposentadoria pelo Instagram, depois de 114 partidas pela seleção japonesa em 12 anos. O meio-campista, de 34, defende o Eintracht Frankfurt, da Alemanha.

Mais Japão