Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Paulo Nobre ou atual vice podem ser candidatos da oposição no Palmeiras

Keiny Andrade/Folhapress
Paulo Nobre, ex-presidente do Palmeiras, pode ser candidato da oposição na próxima eleição Imagem: Keiny Andrade/Folhapress
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

11/01/2018 04h00

As eleições começam a esquentar as alamedas do Palestra Itália. Nos últimos dias, intensificaram-se as conversas da oposição para chegar a um consenso sobre quem concorrerá com Maurício Galiotte no pleito que acontece no último trimestre de 2018. Os nomes favoritos são o de Genaro Marino, que é 1º vice-presidente atualmente, mas já faz parte da oposição desde o ano passado, e do ex-presidente Paulo Nobre, que rompeu com o atual mandatário dias após a eleição de janeiro de 2017.

Ainda é cedo para cravar quem será o escolhido, mas não está descartado que ele tenha o apoio de Mustafá Contursi. Apesar de ser figura central em uma investigação sobre cambismo, o ex-presidente segue com a maioria do Conselho ao seu lado. Hoje, ele também é oposição a Galiotte. A decisão é bastante importante para os “nobristas”. Eles já se preparam para concorrer com Leila Pereira, que declarou que vai se candidatar ao cargo depois de 2021, quando completa o primeiro mandato como conselheira. (Por Danilo Lavieri)

São Paulo construirá creches para compensar concessão do CT

Na última semana de 2017, foram assinados os documentos finais que confirmaram a renovação de concessão do terreno do CT da Barra Funda para o São Paulo. O Tricolor, que podia permanecer no local somente até 2022, agora ampliou o prazo até 2042, com possibilidade de extensão por mais 20 anos. Como contrapartida, o clube se comprometeu a entregar duas creches - no contrato antigo, o CT recebia alunos da rede pública de ensino para projetos esportivos como forma de contrapartida.

Mais UOL de Primeira