Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Pressão em redes sociais derrubou Rosenberg no Corinthians

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Luis Paulo Rosenberg (e) comparou falta de naming rights a problema com HIV e viu pressão por sua saída aumentar Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte

2019-02-26T04:00:00

26/02/2019 04h00

Apesar de polêmicas envolvendo o patrocinador master e o Banco BMG, Luis Paulo Rosenberg deixou o cargo de diretor de marketing do Corinthians mesmo por conta da pressão nas redes sociais. O dirigente e o clube foram bastante criticados em Twitter, Facebook e Instagram após o dirigente fazer uma analogia citando uma mulher com teste de HIV positivo em entrevista ao canal de TV ESPN Brasil para explicar o fracasso de não vender os naming rights da Arena. 

O Corinthians avaliou que a pressão ficou muito ficou insustentável, envolvendo torcedores, conselheiros do clube e opinião pública em geral. Os dois lados entenderam que ficaria bem difícil a continuação do trabalho. Rosenberg reconheceu que foi infeliz na declaração e pediu a sua saída, aceita prontamente pelo clube paulista. (Por Samir Carvalho)
 

Mais UOL de Primeira