Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Corinthians gasta R$ 4 mi com sub-23. Filho de ex-diretor ganha R$ 3,5 mil

Fran, filho do ex-diretor e conselheiro licenciado Fran Papaiordanou, receberá salário R$ 3,5 mil. Folha mensal é de cerca de R$ 200 mil - Arquivo Pessoal
Fran, filho do ex-diretor e conselheiro licenciado Fran Papaiordanou, receberá salário R$ 3,5 mil. Folha mensal é de cerca de R$ 200 mil
Imagem: Arquivo Pessoal
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro

27/06/2019 04h00

Além de todos os gastos com o futebol profissional e acordos para amortizar dívidas do clube, o Corinthians somou novas despesas à sua planilha de gastos: o custo de R$ 4,04 milhões do time sub-23 (aspirante). Somados, os 19 contratos do elenco registrados na CBF totalizam o montante que representa por ora uma folha mensal de R$ 200 mil. Com vínculos que variam de seis meses a três anos e meio de duração, os acordos pagam até R$ 40 mil aos jovens.

Entre os salários, chama a atenção o vencimento de Fran, filho do ex-diretor de futebol Fran Papaiordanou. Alvo de polêmica pela idade de 27 anos - Campeonato Brasileiro da categoria permite até três nomes com idade acima do limite - e por ser filho de um então conselheiro na época da contratação - abril deste ano -, o atleta receberá R$ 3,5 mil por mês. Inicialmente, seu pai minimizou um possível conflito de interesses e disse que o filho teria apenas uma ajuda de custo e que estaria em período de testes. Seu contato, no entanto, foi registrado normalmente. Amigo do presidente Andrés Sanchéz, Papaiordanou se licenciou do Conselho Deliberativo nos últimos dias para não aumentar a polêmica. (Por Danilo Lavieri e Mauro Cezar Pereira)

Mais UOL de Primeira