Topo

Futebol


Afastamento de J. Henrique foi por mentira sobre balada, diz jornal

Atacante alegou que havia passado a noite ao lado do filho internado em um hospital - Robson Ventura/Folhapress
Atacante alegou que havia passado a noite ao lado do filho internado em um hospital Imagem: Robson Ventura/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

10/05/2013 07h23

O afastamento de Jorge Henrique está relacionado à descoberta de uma mentira contada pelo atacante à diretoria do Corinthians, de acordo com o jornal Lance!. Em sua edição desta sexta-feira, a publicação relata que o jogador foi para a balada, mas disse que havia passado a noite com seu filho, internado em um hospital.

A confusão começou na noite da última sexta-feira (03/05). Segundo o Lance!, Jorge Henrique aproveitou a folga e saiu à noite. Na manhã de sábado, o atacante se apresentou sem condições para treinar. Ele alegou que havia passado a madrugada com o filho no hospital, já que o menino estava com dengue.

J. HENRIQUE E É ELEITO O MAIS IRRITANTE DO PAÍS PELOS PRÓPRIOS COLEGAS

  • Leandro Moraes/UOL

    O UOL Esporte ouviu, sob condição de anonimato, cem atletas de 15 times do país para saber quem é o jogador mais irritante do futebol brasileiro. O resultado foi praticamente um Corinthians x Palmeiras. Jorge Henrique, com 21 votos, ganhou a eleição, seguido de perto pelo chileno Valdivia, lembrado 18 vezes.

    A dupla, que já chegou a se estranhar em confrontos recentes das duas equipes, teve como perseguidor mais próximo o atacante Kleber, hoje no Grêmio, que recebeu 14 votos. D’Alessandro, do Inter, foi o quarto, com seis lembranças. Leia a matéria completa aqui.

Mesmo sem participar do treino, Jorge Henrique foi relacionado para a partida contra o São Paulo pela semifinal do Campeonato Paulista. Ainda segundo o Lance!, a história contada pelo atacante foi desmascarada na manhã do domingo, horas antes da partida. Irritado, Tite cortou o jogador do banco de reservas, mas o camisa 23 foi ao Morumbi com a delegação.

A comissão técnica do Corinthians havia justificado a ausência de Jorge Henrique no clássico por “problemas pessoais” enfrentados pelo atacante, sem detalhar o que havia acontecido. Nesta quinta-feira, a diretoria confirmou o afastamento do atleta por indisciplina e durante tempo indeterminado.

Após o jogo contra o Boca Juniors, na próxima quarta-feira, membros da comissão técnica e da diretoria se reúnem para decidir o futuro de Jorge Henrique. O atacante continua treinando no CT Joaquim Grava, mas separado dos demais companheiros de equipe. Ele pode ser multado ou até mesmo ter seu contrato rescindido.

Em nota oficial divulgada na noite desta quinta-feira, Jorge Henrique se pronunciou sobre seu afastamento. O atacante confirmou os problemas disciplinares, admitiu o erro e pediu desculpas.

A confirmação do afastamento de Jorge Henrique pegou o elenco corintiano de surpresa. ““Ele não falou dos motivos, mas nos agradeceu por confiarmos na decisão da comissão técnica. Vou tentar descobrir o que aconteceu voltando lá agora”, disse o zagueiro Paulo André.

Corinthians + Jorge Henrique = Fim

  • Ele se aplica tanto, marca tanto, provoca tanto que é tido como mais irritante dos jogadores do país, segundo pesquisa feita pelo UOL Esporte. Às vésperas de começar mais um Brasileirão, e depois de felizes temporadas no Timão, Jorge Henrique está no mercado, porque não mais vestirá a camisa que usou nos últimos quatro anos. Aos 31 anos, o baixinho cricri estará por aí. Leia Mais

"Mentira" afasta Jorge Henrique do Corinthians

  • Jorge Henrique está fora dos planos do técnico Tite nos próximos dias. Ele está descartado nas finais do Paulistão e no jogo da volta das oitavas contra o Boca Jrs. O meia-atacante não treinou na manhã de sábado e a desculpa dada (problemas familiares) não convenceu a cúpula de futebol do Corinthians. Leia Mais

Mais Futebol