Topo

Futebol


Após eliminações, São Paulo afasta Cañete, Cortez, Fabrício e mais 4

Danilo Lavieri/UOL
Presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, deu coletiva nesta sexta Imagem: Danilo Lavieri/UOL

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

2013-05-10T11:13:33

10/05/2013 11h13

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, comunicou à imprensa nesta sexta-feira que os jogadores Cañete, João Filipe, Wallyson, Fabrício, Cortez, Luiz Eduardo e Henrique Miranda ficarão afastados do elenco principal. Outra medida adotada pelo clube após as eliminações nos torneios foi reintegrar o lateral-esquerdo Juan, que vinha treinando com os times de base, em Cotia. 

A dupla de destaque do Mogi Mirim formada pelo lateral direito Mateus Caramelo e pelo meia-atacante Roni também foi contratada. 

Juvenal não falou em "lista de dispensas", até para evitar desvalorização dos atletas. Mas todos os sete jogadores estão autorizados a negociar com outros clubes. O São Paulo também contratará dois jogadores, cujos nomes ainda não foram divulgados, que foram destaques no Paulistão.

“Os atletas João Filipe, Cañete, Wallyson, Fabrício, Cortez, Luiz Eduardo, Henrique Miranda não irão [para Cotia]. Ficarão treinando com outros. Eles vão ser emprestados, sobretudo Luiz Eduardo e Miranda, que precisamos de reciclagem, porque acreditamos neles. Eles vão ser emprestados ou comercializados, em princípio, neste instante”, declarou Juvenal.

O clube avaliou que faltou maior comprometimento a Wallyson e Cañete nos treinamentos. Wallyson, por exemplo, viu o recém contratado Silvinho, ex-Penapolense, ganhar uma vaga no ataque tricolor contra o Atlético-MG, derrota por 4 a 1, mesmo com poucos dias no São Paulo. Cortez perdeu espaço no time nesta temporada. Carleto ganhou a posição na lateral. 

Quem também pode sair é Luis Fabiano. Juvenal Juvêncio afirmou que confia no atacante, mas que pode negociá-lo caso receba uma boa proposta na janela de transferência da metade do ano.

Juvenal aproveitou o contato com os repórteres no CT da Barra Funda para reiterar apoio a Ney Franco. O mandatário tricolor espera que as duas semanas sem jogos sirva para o treinador avaliar novos reforços e atletas promovidos ao time principal.

“Em Cotia, ele [Ney Franco] vai agregar os atletas, Silvinho, que já esta agregado, o Renan Ribeiro, que veio do Atlético-MG, o meio-campista Alan, o zagueiro Diego, vai experimentar o zagueiro Lucão, e o Lucas Evangelista vai passar por teste por causa da idade. E traremos num prazo curto mais dois ou três atletas daqui ou do exterior para o segundo semestre”.

O São Paulo volta a campo no dia 26 de maio, contra a Ponte Preta, em Campinas, na estreia no Campeonato Brasileiro. O time treinará no CT de Cotia após as eliminações no Paulistão e Libertadores.

BLOG DO NETO OPINA SOBRE A SITUAÇÃO DO SÃO PAULO

Não tenho como negar minha insatisfação com a notícia da manhã desta sexta-feira. O presidente Juvenal Juvêncio veio nas câmeras de TV e soltou uma lista absurda de dispensados do elenco do São Paulo.

MENON: JUVENAL PÕE CULPA DE SEUS ERROS NOS OUTROS

  • O afastamento de sete jogadores hoje pela manhã deve ser entendido como uma confissão de culpa de Juvenal Juvêncio. E como uma tentativa de colocar a culpa em quem não a tem. Afinal, se Cortez, João Filipe, Wallyson, Fabrício e Cañete realmente decepcionaram, qual foi a participação deles no vexame na Libertadores? LEIA MAIS

CRITICADA, BASE TRICOLOR OFERECE ORQUESTRA, INGLÊS E SURF A JOVENS

  • São Paulo Futebol Clube/oficial

    O São Paulo se tornou o inimigo número 1 dos clubes grandes sob a acusação de assediar promessas do futebol. Equipes do Rio, Minas, Bahia e Palmeiras engrossam coro. O time do Morumbi nega tal prática, alega que os garotos e os pais se sentem atraídos pela estrutura oferecida pelo clube aos jovens e lista atividades extracampo que teriam como finalidade a formação completa do atleta.

    Além dos recursos básicos oferecidos aos garotos no CT em Cotia (alimentação, treinamentos e moradia), o São Paulo paga faculdade aos jovens que se interessarem, disponibiliza aulas de inglês e surf e leva os atletas a ensaios e apresentações de orquestra sinfônica.

Mais Futebol