Em primeiro dia no Real, Zidane elogia Guardiola e descarta comparações

Do UOL, em São Paulo

Zinedine Zidane falou nesta terça-feira como técnico do Real Madrid. E em entrevista coletiva após seu primeiro treino à frente da equipe, fez questão de afastar as comparações com Pep Guardiola.

Nos últimos meses, diante dos boatos de que Zidane assumiria o cargo de técnico do Real Madrid, a imprensa esportiva europeia traçou um paralelo de sua situação com a de Pep Guardiola no Barcelona. Ambos trabalhariam em times secundários dos clubes antes de serem promovidos com a missão de dar características ofensivas às equipes principais.

No entanto, para Zidane, a comparação "não deve ser feita". "Guardiola é Guardiola, e vou tentar fazer o melhor possível. Ele é um treinador formidável, impressionante, mas não vou me comparar. Nunca o fiz como jogador e não vou fazê-lo como treinador", disse o francês. "O importante para mim é o dia a dia, o que vou fazer com meu elenco. Vou tentar fazer todo o possível para trabalharmos bem", completou.

Na entrevista coletiva, porém, o ex-camisa 5 do Real Madrid deixou claro que tem a tarefa de fazer a equipe a jogar bonito.

"O futebol sempre foi importante aqui, um futebol bonito. Creio que vou manter esta linha. É importante ter um futebol ofensivo, equilibrado e nada mais. Vamos trabalhar para fazer o melhor possível em campo. Esta é minha mensagem", disse.

O novo técnico do Real Madrid, anunciado na véspera para suceder o demitido Rafa Benítez, concedeu entrevista coletiva ao lado de Emílio Butragueño, diretor de assuntos institucionais do clube. Na chegada à sala de imprensa, a dupla foi cercada por fotógrafos e cinegrafistas.

Na apresentação, Zidane foi bastante elogiado por Butragueño. "Zinedine é uma lenda de nosso clube e uma pessoa muito querida por todos os madridistas", disse. O francês se aposentou como jogador do clube em 2006, mas vinha trabalhando desde 2013 como treinador do Real - primeiro como assistente técnico (2013 a 2014), depois como treinador do Real Madrid Castilla (2014 a 2016).

Elogiado pelo dirigente, Zidane explicou que, em seu primeiro treino, deixou claro aos jogadores que as metas da equipe são grandes. "Eu disse aos jogadores que estava muito contente, que começava uma nova aventura e que temos objetivos a cumprir. Faremos todo o possível para cumprir estes objetivos", disse, falando em francês na entrevista. "Vi uma equipe concentrada, animada, uma equipe dedicada ao trabalho. Fiquei contente", acrescentou, mais tarde, em espanhol.

Astros na equipe

Em sua entrevista coletiva, Zinedine Zidane teve o cuidade de anunciar que manterá o trio formado por Karim Benzema, Gareth Bale e Cristiano Ronaldo como titular do ataque. Bale estaria insatisfeito com o clube pela decisão de demitir Rafa Benítez, mas Zidane assegurou que o galês – na mira do Manchester United – continuará respaldado.

"Entendo que Bale possa estar chateado com a saída de Beníteza", disse Zidane. "Darei a ele todo o carinho para que siga jogando tão bem como até agora", afirmou também.

Mas o francês afirmou ainda que conta também com outros jogadores. Entre eles, nomes como James Rodríguez e Isco, cotados para deixar o Real Madrid em 2016.

"O que te digo é que toda a equipe vai ser importante. James, Isco… São jogadores formidáveis. Serão muito importantes para a equipe", analisou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos