Patrocínios e TV ajudam e Atlético-MG recusa R$ 44 milhões por Lucas Pratto

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Lucas Pratto é importante opção para o técnico Diego Aguirre e está mantido para a Libertadores

    Lucas Pratto é importante opção para o técnico Diego Aguirre e está mantido para a Libertadores

Lucas Pratto foi contratado pelo Atlético-MG em dezembro de 2014. Entre a quantia paga ao Vélez Sarsfield-ARG, comissão do empresário e luvas para o jogador, o clube mineiro gastou cerca de R$ 13 milhões. Pouco mais de um ano depois, o time teve a chance de faturar três vezes mais liberando o atacante, mas a direção alvinegra disse não.

Só foi possível dizer não ao Celta graças aos recentes acordos assinados pelo Atlético. Os acertos com a Caixa, nova patrocinadora, com a Dry World, nova fornecedora de material esportivo, e a renovação com a Globo, para a transmissão do Campeonato Brasileiro até 2020, deixaram o clube com uma situação financeira estável neste primeiro semestre, como apurou o UOL Esporte.

Na última semana, o clube recebeu uma proposta de 10 milhões de euros pelo atacante, aproximadamente R$ 44 milhões. Oferta feita pelo Celta de Vigo, da Espanha, que atualmente ocupa a quinta colocação na liga local e luta para voltar a disputar a Liga dos Campeões, mais de uma década depois da última participação.

O argentino foi observado pelo clube espanhol no último Campeonato Brasileiro e foi considerado como importante reforço nesta disputa pela vaga na Liga dos Campeões. Com 34 pontos, a equipe da Galícia está seis pontos atrás do Villarreal, atual quarto colocado. Cada clube já disputou 20 partidas, portanto, o Celta tem mais 18 rodadas para tentar superar o adversário e terminar entre os quatro primeiros colocados.

Apesar da boa quantia - o Atlético tem direito a 75% do valor e ficaria com cerca de R$ 33 milhões -, a direção achou por bem segurar o artilheiro por pelo menos mais seis meses. O desejo é ter a equipe com força máxima na Copa Libertadores, que para o time mineiro começa no dia 17 de fevereiro, contra o Melgar, do Peru.

Lucas Pratto já disputou 57 partidas com a camisa alvinegra e anotou 23 gols. Todos na temporada passada, o que fez dele o artilheiro do Atlético em 2015. Já para o segundo semestre, a permanência do argentino não está garantida.

JEMERSON COM SITUAÇÃO INDEFINIDA

Além de Lucas Pratto, outro jogador do Atlético bastante procurado por clubes europeus é o zagueiro Jemerson. Assim com o atacante, o defensor deve permanecer na Cidade do Galo até o final da disputa da Copa Libertadores. Porém, o clube segue conversando com as equipes interessadas. Sevilla-ESP, Porto-POR, Milan-ITA e Mônaco-FRA são os clubes que já apresentaram propostas.

Os valores já passam de 11,5 milhões de euros (cerca de R$ 51 milhões), mas o clube tenta o melhor negócio possível, que é segurar o jogador por seis meses e já receber boa parte do dinheiro neste primeiro semestre.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos