Não é só Calleri. SP misto mostra que outros podem ganhar chances

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

Pelo segundo jogo seguido o atacante argentino Jonathan Calleri, 22, foi o destaque do São Paulo. Depois de sair do banco na estreia pelo clube para garantir o empate em jogo pela Copa Libertadores, no último sábado ele marcou dois gols e deu uma assistência na goleada por 4 a 0 sobre o Água Santa pelo Paulistão. O time misto, com apenas três titulares, proposto pelo técnico Edgardo Bauza, no entanto, teve outros destaques que ficaram em segundo plano com os holofotes sobre Calleri.

Como jogará contra o Cesar Vallejo na próxima quarta-feira, para decidir qual clube avançará à fase de grupos da Libertadores, Edgardo Bauza usou apenas três titulares contra o Água Santa: o goleiro Denis, o zagueiro Rodrigo Caio e o volante Hudson. Os testes na goleada renderam elogios a dois jogadores, e uma atuação de bom nível e versatilidade de outro atleta.

Caramelo: reestreia com duas assistências e elogio

Matheus Caramelo, lateral direito de 21 anos, contratado em 2013 e que só havia vestido a camisa do São Paulo em uma partida, jogou no último sábado. Apesar de ter cometido alguns erros na parte defensiva, teve influência no placar da partida: foi o autor de duas assistências, primeiro para o segundo gol de Calleri, de cabeça, e depois para o golaço de Thiago Mendes. Para Bauza, cria-se uma opção para a lateral direita.

"Me alegra que jogou bem, é uma opcao que me dá. Temos muitos jogos e precisamos de todo o elenco. A titularidade se ganha jogando. Ele tem que demonstrar", falou o técnico, que reforçou que levará em conta as atuações individuais do time misto: "A atuação de hoje não foi só a dele, mas de toda a equipe. Cada partida é algo para ver o desempenho. Vemos uma competição interna. Quem esta melhor vai jogar", disse.

Wilder: 5ª assistência em 12 jogos

O colombiano Wilder Guisao, emprestado ao São Paulo até o fim de junho, chegou ao clube por pedido de Juan Carlos Osorio, não teve chances com Doriva e Milton Cruz, e agora reapareceu. Na volta, mais uma assistência: foi dele o cruzamento para o primeiro gol de Calleri, que abriu o placar aos 31 minutos do primeiro tempo.

Apesar de não ter conquistado titularidade na equipe, Wilder se notabiliza pelos passes para gol. Neste sábado ele converteu a quinta assistência em 12 atuações pelo São Paulo, índice dos mais altos do atual elenco do clube. Bauza elogiou, mas disse que o atacante pediu para sair no segundo tempo por ter sentido cãimbras.

"Não teve muitas chances, mas a de hoje [sábado] foi boa. Fez um bom primeiro tempo, mas depois a falta de futebol me fez tirá-lo. Ele que pediu para sair. Estou satisfeito, é uma opção que temos, um jogador", falou.

Wesley: pelo centro e pela direita, na defesa e no ataque

A ausência de Paulo Henrique Ganso fez Bauza mudar ligeiramente a formação tática do São Paulo: do 4-2-3-1 para o 4-4-2 com duas linhas de quatro jogadores, dois atacantes, e sem um armador. "Não jogamos muito diferente, a única diferença é que ao não jogar Ganso jogamos com dois atacantes. Isso fez com que não tivessemos muita circulação de bola", disse Patón.

Coube a Wesley, segundo volante ao lado de Hudson, tentar solucionar a falta de circulação de bola no centro do setor ofensivo. A atuação do ex-palmeirense foi de destaque tanto na parte ofensiva como defensiva, atuando durante os 90 minutos com grande intensidade - foi o jogador que obteve melhor desempenho nos testes físicos de pré-temporada do São Paulo.

No segundo tempo, com a entrada de Thiago Mendes e a saída de Wilder, Wesley passou a atuar como ponta direita do 4-2-3-1 - Ganso já estava em campo. Foi a segunda vez em quatro jogos que Welsey atuou na posição, quase como um atacante pela direita. A primeira havia sido também por alguns minutos no amistoso contra o Cerro Porteño, vencido por 1 a 0. E foi como ponta direita que Wesley construiu a jogada que acabaria com gol de Thiago Mendes, o terceiro do jogo.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos