Dorival defende atletas sobre atraso salarial, e Santos quita nesta sexta

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Santos FC

    Dorival lembra que seu elenco atuou com setes meses de ordenado atrasado em 2015

    Dorival lembra que seu elenco atuou com setes meses de ordenado atrasado em 2015

O técnico Dorival Júnior fez questão de defender os seus jogadores em mais um caso de salários atrasados no Santos. O treinador ressaltou que a dívida não mudaria o comportamento do time no clássico contra o Corinthians neste domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, válido pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

Para defender o elenco, o treinador lembrou que os mesmos jogadores atuaram com sete meses de vencimentos atrasados no ano passado.

O treinador destacou que o grupo está fechado apesar das últimas polêmicas envolvendo Ricardo Oliveira, atletas e diretoria. Na última quarta-feira, o presidente Modesto Roma se reuniu com o elenco santista para dar explicações.

"O ambiente é muito tranquilo, independente do que acontece em volta. Aqui não entra nada. Esses jogadores jogaram com setes meses de salário atrasados ano passado e nunca abriram a boca. A conversa com o presidente foi muito tranquila, em alto nível", afirmou Dorival.  

"Estamos diante de um jogo importante, problemas aqui eles ficam afastados. Existe sim uma concentração muito grande", completou.

O elenco não recebia direitos de imagem há mais de dois meses, além de premiações. O Santos alega que todos os atrasados foram quitados nesta sexta-feira.

"O Santos FC informa que não há mais atraso em nenhuma forma de vencimento com seus atletas profissionais, seja salário, luvas ou premiações. Inclusive, o salário que estava previsto para a próxima segunda-feira (7), quinto dia útil, já está sendo providenciado para ser pago antecipadamente", diz a nota oficial.

Vale ressaltar que, na última segunda-feira, a diretoria santista, por intermédio de sua assessoria de imprensa, disse ao UOL Esporte que não devia direitos de imagem para nenhum atleta. Três dias depois, os jogadores confirmaram publicamente o atraso nos vencimentos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos