Ex-técnico inglês se irrita ao explicar derrota: "Não sei o que faço aqui"

Do UOL, em São Paulo

http://mais.uol.com.br/view/t2pjn3videvl/euro-islandia-vence-inglaterra-e-avanca-as-quartas-04028D9B3672C0C95326?types=A&

O técnico Roy Hodgson, que se demitiu do comando da seleção inglesa na última segunda-feira (27) após eliminação para a Islândia nas oitavas de final da Eurocopa, se irritou ao ser convocado nesta terça (28) para uma coletiva de imprensa. Segundo ele, explicar a derrota não era mais parte de seu trabalho.

"Eu não sei bem o que estou fazendo aqui", disse Hodgson logo em sua primeira resposta. "Eu não sou mais o técnico da Inglaterra, mas me disseram para vir. Acho que alguém tem que vir e tomar as 'pedradas'. Meus sentimentos são óbvios. Estou muito desapontado e não esperava o resultado".

Quando o chefe executivo da Federação Inglesa (FA) foi questionado sobre o motivo de ter obrigado Hodgson a comparecer à coletiva, o técnico interrompeu a pergunta.

"Eu não fui obrigado a vir. Eu estou aqui porque nunca fugi de uma entrevista. Fizeram-me perguntas por quatro anos, e quando me disseram que poderia ser especulado que eu estava com medo de vir, eu escolhi vir. Eu não estou feliz porque não é mais meu trabalho", declarou.

"Eu não posso dar a ninguém uma resposta mágica para qualquer pergunta que me façam. Estou aqui porque esse é meu último dia no trabalho e para desejar boa sorte a meus sucessores".

Sobre a derrota por 2 a 1 para os islandeses, que vários jornais britânicos classificaram como um dos maiores vexames da história da seleção, Hodgson lamentou a má atuação nas oitavas de final e disse que o time está sendo julgado apenas por esse resultado. Ele também negou que tenha entrado em conflito com os jogadores e elogiou o grupo de atletas, dizendo que eles podem ir mais longe no futuro.

"Se você não joga o futebol que você sabe que é capaz de jogar, um adversário como a Islândia pode vencer você. Eu ainda estou me recuperando desse jogo, não foi uma boa noite e estou muito frágil", concluiu o treinador de 68 anos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos