Corinthians acerta com cervejaria espanhola e exalta valorização da marca

Danilo Lavieri e Guilherme Costa

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

    Marca do novo patrocinador do clube não estará no uniforme de jogo

    Marca do novo patrocinador do clube não estará no uniforme de jogo

O Corinthians apresentou nesta terça-feira parceria com a cervejaria Estrella Galicia, empresa que já patrocina o Deportivo La Coruña e o Celta. O contrato é válido por três anos. O patrocinador deve pagar R$ 10 milhões por ano.

O logotipo da Estrella Gallicia não será estampado no uniforme de jogo, apenas nas roupas de treinamento e viagens. O veto aos uniformes de jogo ocorre em virtude de lei que impede a exposição de marcas de bebidas alcoólicas em camisa de jogo.

"O Corinthians em 2016 cresce dois dígitos no quesito patrocínio diante de um mercado difícil. Isso é resultado de um estudo que nós conduzimos no ano passado, que tentou mostrar quais eram os negócios em potencial", Gustavo Herbetta, diretor de marketing do Corinthians.

O diretor lamenta a restrição do patrocínio na camisa principal.

"Se pudéssemos usar a marca no uniforme de jogo, o patrocínio seria muito maior".

O acordo não possibilitará a exploração da bebida na Arena Corinthians, em cumprimento à legislação. 

Fim de parceria com a Ambev

O Corinthians encerrou a parceria com a Ambev. O acordo iria até 2017, mas foi quebrado após reunião na última segunda-feira por decisão alvinegra. 

A decisão foi necessária para que o time paulista pudesse fechar com a Estrella Galicia.

Em meio à crise financeira e o desmanche, o Corinthians busca novas fontes de receita para tentar minimizar as dificuldades em manter um time competitivo. Nos últimos dias, o time negociou André, Luciano, Bruno Henrique e Elias. 

A negociação com a Estrella vinha se arrastando ao longo das últimas semanas e foi facilitada pelo fato de o CEO da marca no Brasil ser ex-conselheiro corintiano: Fábio Rodrigues.

Apesar da quebra do vínculo, Corinthians e Ambev decidiram por manter uma parte do acordo. O time paulista ainda seguirá parceiro da Gatorade, bebida que ajuda os atletas a repor líquidos e sais mineirais e é distribuída pela Ambev no Brasil.

Além disso, os dois optaram pela continuidade do Movimento Por Futebol Melhor, que consiste em incentivos aos programas de sócio-torcedor de diversos clubes do país.

O Movimento, aliás, já gerou uma receita anual de R$ 400 milhões e já totalizou R$ 80 milhões em descontos aos torcedores que são "fãs de carteirinha" de seus clubes. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos