Técnico da Alemanha diz que Copa perderá qualidade se tiver 48 seleções

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / FABRICE COFFRINI

    Joachim Löw, técnico da Alemanha e campeão mundial em 2014

    Joachim Löw, técnico da Alemanha e campeão mundial em 2014

O técnico da seleção da Alemanha, Joachim Löw, criticou a proposta do presidente da Fifa, Gianni Infantino, de expandir a Copa do Mundo para 48 países participantes. Segundo o treinador, haverá uma queda na qualidade se a ideia for adiante.

"Os melhores times devem jogar a Copa do Mundo e a Eurocopa. Se continuarem aumentando [o número de participantes], haverá uma perda de qualidade", disse Löw, que considera o número atual, de 32 países, "ideal".

Na última segunda-feira, Infantino falou sobre a proposta de expansão da Copa. Segundo o mandatário da Fifa, a ideia é que haja uma fase preliminar, que já eliminaria de cara 16 seleções, sendo que 32 continuariam no torneio, como nos moldes atuais.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos