Guardiola diz que títulos não são melhor forma de avaliar técnicos

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

Coincidentemente um dia depois de Luxemburgo dizer que Guardiola é "mais marketing do que técnico", o treinador espanhol do Manchester City afirmou nesta segunda-feira (10) que a quantidade de títulos conquistados não é a melhor maneira de se qualificar o desempenho de um técnico.

A afirmação, no entanto, não teve relação com a declaração de Luxemburgo, que repercutiu na Europa. Guardiola falava sobre Johan Cruyff, mentor para sua carreira como técnico, em entrevista sobre o livro biográfico do holandês ao canal espanhol Rac 1.

"É um grande erro qualificar um treinador pelos títulos que ganha. É habitual que se faça, mas é um erro. No meu caso, treinando times com o Barcelona ou Bayern de Munique é muito fácil ganhar títulos. O mais importante é o legado que você deixa, a influência que você tem nos jogadores e nos outros treinadores. Essa é a grande demonstração da importância de Johan", exaltou Guardiola.

Vitorioso no Barcelona e Bayern, embora sem conquistar a Liga dos Campeões na Alemanha, o técnico do City foi criticado por Luxemburgo por supostamente "não ganhar títulos" em todos os lugares que passou.

"O Guardiola é mais marketing do que técnico porque você tem o seguinte: o que é conquista? O Guardiola ganhou títulos no Barcelona. Aí vem o Luis Enrique [sucessor] e também ganhou no Barcelona. Aí o Guardiola vai para o Bayern, se prepara, faz todo o curso, aprende idioma e não consegue realizar o mesmo trabalho", disse o brasileiro, ao Fox Sports.

O Manchester City é o líder do Campeonato Inglês com 18 pontos (um a mais que o segundo, Tottenham), e vice do Grupo C da Liga dos Campeões com quatro pontos, dois a menos que o Barcelona.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos