Meia vira sensação em Portugal e pode render até R$ 4,5 mi ao Inter

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • REUTERS/Miguel Vidal

    Otávio deixou Inter em 2014 e agora é titular do Porto: um gol e quatro assistências

    Otávio deixou Inter em 2014 e agora é titular do Porto: um gol e quatro assistências

O destaque de Otávio no Porto não é novidade, mas o reflexo da boa fase, sim. Revelado pelo Internacional, o meia entrou na mira da Juventus-ITA e ao mesmo tempo abriu negociação para renovar com o time português. A prorrogação do vínculo pode render aumento salarial de até 100% ou um bom dinheiro aos cofres do clube gaúcho.

As atuações de Otávio e o interesse da Juventus fizeram o Porto correr. Os dirigentes já iniciaram tratativas para comprar os 32,5% restantes dos direitos econômicos do meia. A negociação pode custar até 5 milhões de euros (R$ 17, 5 milhões na cotação atual).

O novo contrato passaria a valer até 2021 e dobraria o salário de Otávio. O atual foi assinado em 2014 com validade de cinco anos.

O interesse da Juventus virou assunto na Itália após boas apresentações do camisa 25 do Porto na Liga dos Campeões. A ideia trabalhada em Turim é buscar um negócio para ter Otávio em dezembro – no meio da temporada europeia.

Aos olhos do Inter, o melhor desfecho é de transferência. Jogador do clube gaúcho entre 2009 e 2014, Otávio renderá lucro pelo direito de formação. O mecanismo de solidariedade apoiado pela Fifa prevê pagamento ao clube por onde o atleta passou até os 21 anos.

O cálculo extraoficial indica que o clube gaúcho pode ganhar até R$ 4,5 milhões em uma negociação de Otávio na Europa. Isto no cenário onde a Juventus pagaria 35 milhões de euros (R$ 122 milhões na cotação atual).

Dunga mentor

A boa fase de Otávio tem um dedo de Dunga. O ex-treinador da seleção brasileira foi quem deu a primeira sequência ao meia no Inter. À época, o jogador atuava pelos lados do campo e levou uma dura por se reapresentar acima do peso.

"Foi ele quem me botou na linha, quem me ajudou a ganhar força (...) Levei várias (reprimendas). No início da carreira, quando estava de férias, eu não treinava nunca. Engordava um ou dois quilos. Houve uma vez que me lesionei antes das férias, ou seja, fiquei quase três meses sem treinar e voltei um pouco acima do peso. Tomei uma bronca", contou Otávio em recente entrevista à revista oficial do Porto.

Lapidado nas categorias de base do Internacional, Otávio chegou a jogar como lateral direito. Depois se tornou destaque nos times sub-15 e sub-17. Foi promovido ao elenco principal aos 17 anos e ganhou atenção especial para desenvolver a estrutura física. Em 2014, ele deixou o Beira-Rio por 7 milhões de euros (R$ 20 milhões na cotação da época) e o clube ficou com metade da quantia - pela divisão dos direitos.

Quer receber notícias do Internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos