Jorge usa tom de adeus e sonha com ida à Europa: 'Conto os dias na janela'

Pedro Ivo Almeida e Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Buda Mendes/Getty Images

    Jorge tenta conter a marcação de Berrío durante a partida entre Brasil e Colômbia

    Jorge tenta conter a marcação de Berrío durante a partida entre Brasil e Colômbia

O lateral esquerdo Jorge pode deixar o Flamengo nos próximos dias. O jogador sonha com a ida à Europa e mantém conversas por uma transferência. A janela de entrada no continente fecha no próximo 31 de janeiro. A informação foi publicada pelo blog do jornalista Guilherme de Paula, do Diário Lance!, e confirmada pela reportagem do UOL Esporte.

Após a vitória por 1 a 0 da seleção brasileira sobre a Colômbia, o lateral falou em tom de despedida do clube de coração. Ele aguarda os próximos passos para saber se vai ou permanece por mais um tempo na Gávea.

"Só Deus sabe. Me apresento normalmente ao clube na quinta-feira (26), a janela está fechando. Vamos esperar o que vem pela frente. Falta pouco para janeiro terminar e conto os dias na janela. Minha cabeça, por enquanto, está no Flamengo. Se tiver que sair, não tem jeito. Vou para fazer história em algum clube da Europa", afirmou.

Jorge é o principal ativo do Flamengo para fazer dinheiro com a venda de atletas. Ele tem contrato com o Rubro-negro até dezembro de 2019 e multa rescisória no valor de 30 milhões de euros - cerca de R$ 102 milhões. Nos bastidores é comentado com frequência que se 10 milhões de euros - cerca de R$ 35 milhões - forem oferecidos, o negócio dificilmente não sairá.

Perguntado se recebeu uma proposta concreta, Jorge desconversou. Entretanto, o lateral do Flamengo manteve o tom de despedida em todas as declarações sobre a negociação para deixar o clube.

"Chegou especulação. Vou conversar com o meu pai e o meu empresário para ver o que temos. Se tiver que deixar o Flamengo, será pela porta da frente. Dei o meu melhor pelo Flamengo. Foi o clube que me criou, me deu condição de estar na seleção e prestigiado na Europa", comentou, admitindo na sequência o desejo de jogar na Europa.

"É um sonho de cada jogador. O objetivo sempre é fazer história no clube do coração. Completo dez anos de Flamengo em março. Com certeza, a dor será grande. Não tem jeito, mas tenho o sonho de pisar na Europa, como se diz no mundo do futebol. Posso até disputar uma vaga com o Marcelo para ser o melhor do mundo [risos]", encerrou.

Se o Flamengo conseguiu as contratações de Conca, Trauco e Romulo, além do acerto com Berrío, chegou a hora de tratar do caso de Jorge. A diretoria tem pouco tempo para analisá-lo. O certo é que até 31 de janeiro uma decisão será tomada. A torcida saberá se o camisa 6 seguirá no Ninho do Urubu ou tentará o sucesso na Europa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos