Daniel Alves se ofereceu para voltar ao Barcelona em janeiro, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

Um dia depois de Daniel Alves marcar um dos gols da Juventus na vitória por 2 a 0 sobre o Porto na Liga dos Campeões, o jornal espanhol "Mundo Deportivo" publicou nesta quinta-feira que o lateral se ofereceu para voltar ao Barcelona durante a última janela de transferências, em janeiro.

De acordo com a publicação, o jogador passou por dificuldades de adaptação em seu novo clube por causa do frio de Turim e "bateu na porta do Barcelona oferecendo-se a voltar durante o mercado de inverno". Ele acertou a sua transferência para a Itália em junho de 2016.

Ainda de acordo com o jornal, o brasileiro custou "a conectar com seus novos companheiros e com o jogo que pratica a Juventus, não tão ofensivo como estava acostumado a praticar no Campo Nou".

O jornal ainda diz que Daniel Alves viu a possibilidade de volta pela dificuldade de o Barcelona acertar um substituto para a posição. Aleix Vidal não agrada e o clube ainda busca um novo lateral direito.

Ainda segundo o Mundo Deportivo, o clube "atendeu as chamadas de Daniel e agradeceu a oferta, mas comunicou que a sua etapa no Barcelona havia sido encerrada". Os telefonemas teriam ocorrido antes de ele sofrer uma lesão, em novembro.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o Daniel Alves disse que está feliz na Juventus e a informação não procede. 

A notícia do "Mundo Deportivo" é publicada dois dias depois de Daniel Alves fazer duras críticas ao clube. Em entrevista ao jornal ABC, da Espanha, o lateral direito não poupou os dirigentes da equipe que defendeu por oito anos, entre 2008 e 2016.

"Gosto quando sou querido, e se não me querem, eu me vou. Tive sorte de sair do Barcelona de graça. Durante as minhas três últimas temporadas sempre se escutava que Alves iria embora, mas os dirigentes nunca me diziam nada na cara. Foram muito falsos e mal-agradecidos. Não tiveram respeito comigo. Só me ofereceram a renovação quando foram punidos pela Fifa. Então é quando eu entrei na jogada e assinei uma renovação com cláusula livre. Os que dirigem o Barcelona hoje não têm ideia de como tratar a seus jogadores", disse o lateral.

Já na quarta-feira, após a vitória sobre o Porto na Liga dos Campeões, Daniel Alves disse, em entrevista exibida pelo "Esporte Interativo", que o carinho pelo Barcelona permanece, inclusive sem mágoas para uma possível volta no futuro.

"Não saí de maneira conturbada, apenas expressei como me senti. Não foi nenhuma conturbação. O que eu queria... Sei que no futebol não existe esse respeito pelo que se faz dentro do clube, pela sua dedicação, para dar resultado dentro do campo. Mas acreditava que estava num clube diferente por isso, mas são coisas que acontecem", disse.

"Não me abalo. Volto a insistir. Sou um 'culé mas', sou uma pessoa que ama o Barcelona, que ama aquela casa, simplesmente eu passei como senti que fui tratado. Nenhuma circunstância vai tirar meu amor pelo clube, sigo insistindo que é a minha casa. Se um dia eu tiver que voltar, voltarei encantado porque ali é a minha casa, independente de como me senti", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos