Titular no Real, Casilla chama de injusto o tratamento recebido por Navas

Do UOL, em São Paulo

  • Fotopress/Getty Images

O Real Madrid vinha de sete jogos consecutivos com gols sofridos. A sequência resultou em críticas ao goleiro titular Keylor Navas, embora apenas uma destas partidas tenha sido uma derrota. Com a vitória por 3 a 0 sobre o Alavés neste domingo (2), o foco se voltou para o reserva Kiko Casilla, que atuou durante todo o confronto e também tinha sido o goleiro da último triunfo em que a defesa passou em branco, contra o Espanyol em fevereiro.

Após o resultado positivo no Santiago Bernabéu, Casilla foi perguntado sobre uma eventual titularidade, mas desconversou e pediu mais respeito a Navas, poupado por Zidane por ter disputado as eliminatórias pela seleção de Costa Rica.

"É injusto o tratamento que está sendo dado a Keylor Navas. As pessoas têm pouca memória e não se lembram dos grandes momentos. Às vezes tem faltado respeito", afirmou Casilla ao jornal "Marca".

"Só tento trabalhar para poder ter minutos e, logo, no campo fazer o melhor possível. O debate [sobre titularidade] que tenham vocês [da imprensa]", completou.

Casilla também disse estar feliz que a defesa do Real Madrid tenha passado em branco em seus dois últimos jogos, porém mostrou humildade quanto a esse fato.

"É coincidência que nos últimos dois jogos sem levar gols eu estivesse jogando, mas me alegra cada vez que jogo e não levo gols, isso significa que estou em um bom caminho", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos