Agente cobra R$ 503 mil do Corinthians na Justiça e pede penhora de renda

Bruno Thadeu e Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Eduardo Anizelli/Folhapress

A empresa B2F Marketing Esportivo acionou o Corinthians na Justiça para recebimento de direitos econômicos referentes à venda de Matheus Pereira ao Empoli-ITA. O valor da cobrança é de 150 mil euros (R$ 503.655,00) e foi solicitado que renda de partidas da Arena sejam penhoradas caso o clube não honre o compromisso. 

Negociado há 10 meses com o futebol italiano, Matheus Pereira havia sido fatiado durante a gestão de Mário Gobbi e ficou marcado por pênalti perdido, com cavadinha, na final da Copa São Paulo de 2016.  

O Corinthians tinha somente 5% de direitos econômicos do atleta, mas reteve toda a quantia paga pelo Empoli pela transferência. A B2F tinha direito a 15% do valor da negociação, mas acusa não ter recebido sua fatia. 

O valor a ser pago pelos italianos até dezembro de 2017, segundo consta em processo disponível na justiça, é de 2,4 milhões de euros (R$ 8,04 milhões). Até o momento, ainda de acordo com os autos, o Corinthians recebeu 1 milhão de euros (R$ 3,3 milhões), o que fez com a B2F busque receber 150 mil euros. 

De acordo com cláusulas da venda feita pelo Corinthians, o valor global da transferência pode subir mais 2 milhões de euros (R$ 6,6 milhões) se Matheus Pereira alcançar até 50 jogos na primeira divisão italiana. Esse gatilho é escalonado da seguinte forma: 500 mil euros para 10 jogos, 500 mil euros para 20 jogos, 1,25 mi para 30 jogos, 1,75 mi para 40 jogos e, enfim, 2 mi para 50 partidas. 

Para o Corinthians, porém, a transferência só serviu para reter o dinheiro que deverá ser repassado aos seguintes empresários: Luis Fernando Assessoria Esportiva (26%), do agente e ex-conselheiro corintiano Fernando Garcia, GT Sports (15%), dos agentes Guilherme Miranda e Thiago Ferro, B2F Marketing Esportivo (15%), do agente Bruno Misorelli, e Sociedade Esportiva Vitória, o SEV Hortolândia (35%), ligado ao empresário Marcus Sanchez.
 
O Corinthians tinha direito a 5% da transferência, mas preferiu manter a porcentagem para uma venda futura. Os primeiros meses de Matheus na Itália, porém, têm sido de decepção: pelo Empoli, jogou 5 minutos no Campeonato Italiano e uma partida pela Copa Itália desde agosto do ano passado. A dificuldade fez com que fosse repassado para as divisões de base da Juventus, em que defende o time júnior em torneios inferiores. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos