Ameaçado por briga com Cueva, Fagner é recordista de cartões do Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

Denunciado por entrevero com o são-paulino Cueva em clássico do último domingo, o lateral Fagner é o líder em cartões do Corinthians na somatória dos últimos três anos. Em todas essas temporadas, ficou entre as três primeiras posições do elenco corintiano no que diz respeito a advertências (ver lista abaixo). 

O ano em que Fagner recebeu mais amarelos foi 2016, com 13 advertências, temporada em que também foi o mais advertido do elenco.  

Em 2015, havia recebido 11 amarelos, mas foi superado pelo zagueiro Felipe, com 14. Gabriel, em 2017, é o jogador corintiano mais amarelado, com sete - Fagner é o terceiro da lista, com cinco. 

Flamenguista que recebeu entrada dura não voltou após nove meses

Rubens Cavallari/Folhapress

Além dos 29 cartões amarelos recebidos em três anos, Fagner também levou dois vermelhos. Mas foi um lance que sequer gerou advertência que deu mais repercussão: em julho do ano passado, contra o Flamengo, o lateral lesionou o meia Ederson e revoltou torcedores do adversário.

A previsão inicial de retorno do jogador era de 30 dias, mas após nove meses ele ainda não voltou a atuar. 

Recentemente, em entrevista para a Espn, ele falou sobre o lance e a fama de violento. "Não é questão de machucar, nunca foi minha intenção, nunca fui maldoso, mas tenho um porte físico que, no futebol há um tempo atrás, diziam que não servia, que tem que ter 1,80 m. Se eu for jogar de maneira delicada, me prejudico", afirmou. 

Fagner pode ser julgado antes da final do Paulista

O problema com Cueva no clássico, porém, não gerou lesões. O meia são-paulino se irritou com a marcação do lateral e acertou cabeçada e levou a mão ao rosto de Fagner, que instantes depois revidou com uma 'paulistinha', joelhada na coxa também chamada de 'tostão'. Marcado por jogadas ríspidas, o clássico ainda teve a expulsão de Thiago Mendes e uma entrada de Wesley sobre Léo Jabá que revoltou jogadores corintianos. 

A despeito do problema, na atual temporada Fagner tem sido elogiado por se reaproximar do melhor nível técnico, que teve em 2015. O crescimento dele foi potencializado por Jadson, de volta ao elenco após passagem pela China. No mês passado, o lateral fez sua primeira partida oficial com a seleção brasileira, diante do Paraguai. 

A procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva deverá pedir suspensões de ambos os atletas, que podem ser enquadrados em dois artigos: conduta antidesportiva [suspensão de 1 a 6 jogos] ou agressão [pena mínima de quatro jogos]. De acordo com Wilson Marcheti Júnior, procurador geral do TJD, o histórico dos atletas será um dos itens a serem levados em conta para a posição final

Os números de cartões de Fagner

Top 3 de cartões do Corinthians em 2017
Gabriel - 7 amarelos
Jadson - 6 amarelos
Fagner - 5 amarelos

Top 3 de cartões do Corinthians em 2016
Fagner - 13 amarelos 
Rodriguinho - 12 amarelos
Giovanni Augusto - 7 amarelos

Top 3 de cartões do Corinthians em 2015
Felipe - 14 amarelos
Fagner - 11 amarelos 
Jadson - 11 amarelos

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos