Organizada do Vasco avisa que não comparecerá a jogo por sofrer ameaças

Do UOL, no Rio de Janeiro

O clima político segue quente no Vasco. Após episódios de agressões na partida contra o Corinthians, em São Januário, no último dia 7, queixas de ameaças se seguiram nas redes sociais e culminaram na decisão da organizada "Guerreiros do Almirante" de não comparecer à partida deste sábado, contra o Avaí, no estádio cruzmaltino.

Em nota oficial, a torcida, que atualmente é a maior do clube na ausência da "Força Jovem", suspensa pelo Ministério Público, justifica a ausência justamente por estarem, supostamente, sendo ameaçados por seguranças vascaínos. A GDA também ressalta que após a partida se posicionará se voltará a comparecer a outros jogos ou não.

Vale lembrar que, no duelo com o Corinthians, uma grande pancadaria ocorreu no setor onde eles ficam localizados: na arquibancada atrás de um dos gols (veja no vídeo no acima).

Confira a nota oficial na íntegra:

"O movimento Guerreiros do Almirante tem como ideal apoiar o Vasco incondicionalmente, sendo apartidário, ou seja, não participa ou declara apoio a grupos políticos internos ou externos ao Vasco. Porém, considerando o fato de que membros da atual liderança do movimento vêm sofrendo coações e ameaças vindas diretamente da segurança do clube, intimidando para que a torcida proíba qualquer manifestação contra a atual diretoria;

Considerando que no Estádio São Januário, nos últimos jogos, vêm ocorrendo diversos casos de agressões a sócios e torcedores, fazendo com que nossa casa tenha se tornado um ambiente hostil ao torcedor vascaíno;

Considerando que o grupo político que apoia a atual diretoria, denominado "Casaca", em seu programa de rádio acusou a Guerreiros do Almirante de ser responsável por manifestações contrárias ao atual mandatário do clube;

Considerando que o maior patrimônio da GdA é a integridade física de seus membros e simpatizantes;

O movimento vem a público comunicar que não se fará presente no jogo entre VASCO x Avaí, que ocorre neste sábado (17).

Esclarecemos, ainda, que após a partida reavaliaremos a situação e informaremos nosso posicionamento sobre voltar a jogos ou não".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos