Kleber Gladiador é suspenso pelo STJD após expulsão contra o Bahia

Do UOL, em São Paulo

  • Joka Madruga/Futura Press/Estadão Conteúdo

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) anunciou nesta terça-feira a suspensão preventiva de Kleber Gladiador, atacante do Coritiba. A decisão, em caráter liminar, foi concedida pelo presidente do órgão, Ronaldo Botelho Piacente.

O jogador foi denunciado pelas agressões contra o meio-campista Edson, do Bahia, em partida no dia 15 de junho pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, Kleber acertou um soco e uma cusparada contra o adversário, além de uma cotovelada no meia Zé Rafael. Os dois foram expulsos e o jogo terminou empatado em 0 a 0.

"A Procuradoria classificou as atitudes do atacante como graves em justificativa para o pedido da suspensão prevista no artigo 35 do CBJD. O pedido foi deferido e Kleber fica suspenso até que o processo seja julgado pela Comissão Disciplinar. O caso deve entrar em pauta na próxima semana", diz a nota publicada nesta terça-feira pelo STJD.

Com base na súmula do árbitro Wagner Reway e em vídeos da partida, a Procuradoria do STJD ofereceu duas denúncias contra Kléber por agressão (artigo 254-A do CBJD) e por cuspir em adversário (artigo 254-B). Cada infração prevê suspensão por até 12 jogos.

Com base no artigo 35 do CBJD, referente à "gravidade do ato ou fato infracional", a Procuradoria ainda pediu a suspensão preventiva de Kleber. Por conta disso, o jogador está suspenso até que o processo seja julgado em primeira instãncia na próxima semana.

Assim, desfalcará o Coritiba nas partidas contra o Grêmio, nesta quinta-feira (22), e Cruzeiro, no domingo (25). O clube paranaense promete recorrer da decisão nesta quarta-feira.

Ganchos no Bahia

O STJD ainda denunciou dois representantes do Bahia. Um deles é o próprio meia Edson, que responderá ao artigo 254-B por ter revidado a cusparada de Kleber e também pode pegar até 12 jogos caso seja condenado.

Além disso, Wagner Reway denunciou na súmula do jogo o massagista do Bahia, Sergio dos Santos Salles, expulso por atitude desrespeitosa com os adversários e com a equipe de arbitragem. Por conta disse, foi denunciado no artigo 258, inciso II, do CBJD e pode pegar suspensão de até seis jogos.

Por fim, os dois clubes foram denunciados por atrasos para entrar em campo – o Coritiba, por três minutos no primeiro tempo; o Bahia, por um minuto no segundo. Com base no artigo 206, cada um pode ser multado em R$ 1 mil por minuto de atraso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos