Dorival avalia Marcos Guilherme como titular, mas vê SP longe do ideal

Do UOL, em São Paulo

  • Wilton Júnior/Estadão Conteúdo

    Reserva contra o Botafogo, meia estreou com dois gols em vitória por 4 a 3

    Reserva contra o Botafogo, meia estreou com dois gols em vitória por 4 a 3

O meia Marcos Guilherme fez sua estreia no São Paulo no último final de semana, deixando o banco de reserva diante do Botafogo. Mas a atuação convincente, com direito a dois gols na vitória por 4 a 3, podem valer ao reforço uma vaga no time titular.

É o que garante o técnico Dorival Júnior. Em entrevista nesta segunda-feira à Rádio Globo, o treinador tricolor abriu espaço para que o meia seja escalado no jogo desta quinta-feira contra o Coritiba, no Morumbi.

"É uma possibilidade", afirmou Dorival. "O Marcos está muito motivado em busca dessa condição", acrescentou.

Com sete pontos nos últimos três jogos pelo Campeonato Brasileiro, o São Paulo deixou a zona de rebaixamento da competição – com 19 pontos em 17 jogos, o time saltou para a 15ª colocação. Dorival, no entanto, adota um discurso cauteloso diante da reação na competição.

"O trabalho é voltado nesse sentido. Os jogadores estão trabalhando muito, com muita intensidade. Mas em um campeonato como o nosso, você não pode afirmar nada. Eu confio muito nesse grupo, e espero que possam continuar dando uma resposta ao nosso torcedor", disse o treinador, que ainda não vê o São Paulo em uma situação ideal para o segundo turno do Brasileirão.

"Ainda não está próximo disso. Fizemos um grande jogo contra o Botafogo, desde o início, mas foi só. Se o resultado fosse o 3 a 1, iria encobrir o que foi feito na partida, e estaríamos com a pressão que toda equipe sofre em um momento instável como o que o São Paulo vem vivendo, porque ainda não estamos tranquilos na competição. Os jogadores estão atentos a isso, preocupados, mas trabalhando muito. Quem sabe daqui algumas rodadas possamos estar vendo o Campeonato Brasileiro de outra forma?", prospectou o técnico tricolor.

Neymar melhor do mundo (independente do PSG)

Em 2010, Dorival Júnior levou o Santos ao título da Copa do Brasil. Na ocasião, a equipe alvinegra contava com o atacante Neymar, entre outros destaques. Hoje no Barcelona, o atleta é destaque no noticiário do internacional, que especula uma possível transferência ao Paris Saint-Germain.

Questionado a respeito, Dorival mostrou confiança no futuro de Neymar. Independente da saída para o PSG, o técnico acredita que o brasileiro pode ser o melhor jogador do mundo a curto prazo.

"Acho que (Neymar) alcançaria essa condição (de melhor do mundo) no Barcelona, e não está longe de isso acontecer, mesmo sendo uma disputa constante e muito grande com o Messi, com o (Cristiano) Ronaldo e com o próprio Neymar. Mas acho que está próximo de essa situação acontecer", disse Dorival, que foi além.

"Acho difícil imaginar o Neymar fora do Barcelona. É uma situação real, próxima de se concretizar. Uma equipe como o PSG, nós não sabemos se ele se ambientará rapidamente ou se levará tempo para uma acomodação. Toda chegada faz com que o atleta leve um período para uma adaptação, mas não tenho dúvidas: onde quer que jogue, o Neymar estará brigando para estar entre os principais jogadores do futebol mundial", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos