Jornal: Cavani receberá bônus financeiro se for artilheiro do Francês

Do UOL, em São Paulo

O jornal L'Équipe, que nesta segunda-feira (18) publicou que Neymar e Cavani quase trocaram agressões físicas no vestiário do PSG após o jogo contra o Lyon no domingo (17), noticiou também que a motivação do uruguaio para não deixar o brasileiro bater pênaltis pode ter um aspecto financeiro.

Segundo a publicação, o camisa 9 receberá um bônus de 1 milhão de euros (cerca de R$ 3,75 milhões) se for o artilheiro do Campeonato Francês nesta temporada.

A cláusula é parecida com a que constava no contrato de Zlatan Ibrahimovic, astro do PSG até sua saída no ano passado. O sueco receberia 1,5 milhões de euros (R$ 5,62 milhões) sempre que liderasse o campeonato na soma de gols e assistências.

O jornal francês também afirma que ainda não se sabe se Neymar tem uma bonificação parecida prevista em seu contrato. O PSG pagou 222 milhões de euros, valor recorde na história do futebol, para tirar o brasileiro do Barcelona em agosto.

Na última temporada, Cavani foi o artilheiro do PSG com 49 gols em 50 jogos. Por enquanto, o uruguaio segue como batedor oficial de pênaltis da equipe.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos