Clayson foge de polêmica com Petros após clássico: "Fala de cabeça quente"

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Clayson em ação pelo Corinthians; jogador marcou contra o São Paulo

    Clayson em ação pelo Corinthians; jogador marcou contra o São Paulo

Autor do gol do Corinthians no empate por 1 a 1 com o São Paulo, nesse domingo (24), no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro, Clayson minimizou as declarações de Petros, que afirmou que o time da casa deu "uma aula de futebol" contra o rival. De acordo com o jogador do clube do Parque São Jorge, a frase deve ser relativizada por ter sido de cabeça quente.

"É difícil falar. Às vezes o cara está passando por uma situação como a que o Petros está passando pelo São Paulo e fala de cabeça quente. Não pode levar em consideração. O São Paulo fez bom jogo, concordo, mas o Corinthians fez um primeiro tempo muito abaixo. Falar de cabeça quente, às vezes você fala besteira. Faz parte do futebol. Já passou", disse Clayson, em entrevista ao "SporTV".

O atacante do Corinthians admitiu que o time jogou mal no primeiro tempo e citou o desgaste e o horário da partida, disputada às 11h, como causas, mas assumiu que a falta de desempenho nos passes foi o principal motivo.

"Tinha também o desgaste da viagem. A gente até concentrou dois dias antes por isso, para poder descansar. Difícil falar. Primeiro tempo a gente sabe que ficou abaixo, errou muitos passes, não adianta falar só do horário e do desgaste. Acho que o diferencial foi que a gente entrou mais concentrado. Mas é claro que isso influencia muito, jogadores fizeram um jogo desgastante lá, teve a viagem", avaliou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos