Integrantes de facção do Vasco são denunciados por agressão a tricolor

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Reprodução/Facebook

    Pedro (de laranja e em primeiro plano) foi espancado na Tijuca

    Pedro (de laranja e em primeiro plano) foi espancado na Tijuca

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) ofereceu denúncia contra David Paiva Mendes, Diego Augusto Carvalho Ribeiro, Diogo Gabriel de Souza e João Victor Correia Giffoni Hygino, integrantes da Força Jovem do Vasco acusados de terem agredido o tricolor Pedro Scudieri, da torcida Bravo 52, quando ele voltava de uma partida do Fluminense.

Em março deste ano, o UOL Esporte revelou que membros da facção vascaína, atualmente banida dos estádios, eram os principais suspeitos na investigação liberada pelos profissionais da 18ª DP, na Praça da Bandeira. O crime ocorreu na região da Praça Varnhagem, tradicional ponto de encontro na Tijuca.

Eles foram denunciados pelos crimes de tentativa de homicídio triplamente qualificado, associação criminosa e promoção de tumulto em eventos esportivos. Diogo e João Victor já foram presos preventivamente, e os outros dois estão sendo procurados.

O torcedor foi espancado pelo quarteto, que portava uma barra de ferro e uma de madeira quando retornava de Fluminense x Portuguesa, no dia 6 de fevereiro, em Los Larios.  Scudieri ficou internado no Hospital do Amparo até o mês passado.

Ele teve traumatismo craniano, ficou semanas em coma e precisou de diversas transfusões de sangue. Durante o período de recuperação, sofreu com hemorragias e coágulos no cérebro. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos