Mobilização por recorde do Paraná na Arena contou com suporte do Atlético

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Reprodução

    Lotação máxima da Arena pelo Paraná teve suporte de Petraglia, do Atlético

    Lotação máxima da Arena pelo Paraná teve suporte de Petraglia, do Atlético

A possibilidade de o Paraná Clube bater o recorde de público da Arena da Baixada no jogo contra o Internacional, na terça, dia 3 de outubro pela Série B, mexeu com os ânimos da torcida do Atlético Paranaense ao longo da semana. Detentor do recorde de público nos principais estádios de Curitiba, o Furacão ainda não superou a marca da Copa 2014 em casa.

Mas, com uma ação de marketing provocativa e ingressos acessíveis, o Paraná anunciou ingressos esgotados e agora a expectativa é para ver quantos passarão as catracas do estádio atleticano.

O que só foi revelado nesta sexta-feira (29) é que Mario Celso Petraglia, que está  licenciado do cargo de Presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, teve papel decisivo na mobilização paranista para a possível obtenção do recorde. Quem confirmou a participação de Petraglia no evento foi Carlos Werner, empresário que comprou o mando de campo do Paraná por R$ 400 mil e levou o jogo para a Arena da Baixada, em entrevista à Rádio Transamérica de Curitiba.

"O Mário abre as portas para o Paraná, para que o Paraná possa trabalhar dentro da Arena com outros eventos. Ele acredita que o Paraná possa ser um time de Série A, crescer, e ter assim a venda de seus ingressos", contou Werner. Os eventos na Arena são todos geridos pela CAP S/A, empresa criada para a construção da Arena e que hoje administra as contas do estádio, presidida pelo genro de Petraglia, Luiz Volpato.

Quando da ocasião da Liga Mundial de Vôlei em Curitiba, Volpato revelou que a montagem estrutura custou cerca de R$ 4 milhões, com a arrecadação da bilheteria tendo de prioritariamente cobrir esse custo para depois o lucro ser fracionado entre FIVB (Federação Internacional, com 50%), CBV (Confederação Brasileira) e Atlético, ambos com 25%. Os números não foram confirmados, mas estima-se que o clube arrecadou cerca de R$ 500 mil com o evento do vôlei.

Já naquela ocasião a torcida atleticana se revoltou contra a diretoria pela mudança do jogo contra o Santos, pela Libertadores, para a Vila Capanema. Werner também contou que aquela negociação não tem nenhuma relação com essa. "Alguns falaram que o Atlético está saindo com alguma vantagem, que o aluguel da Vila Capanema agora vai sair a preço de pechincha para o Mario... mas não. Eu conheço o Mario, eu sou industrial, o Mario foi industrial, nos conhecemos de outros trabalhos. Pra mim foi aberto tudo. Eu creio que o Mario por ser visionário está vislumbrando aquilo que a gente não possa falar: um Paraná x Corinthians, Paraná x São Paulo, Paraná x Flamengo."

A negociação para uso da Arena da Baixada pelo Paraná não passou pelo clube, sendo feita entre Carlos Werner e Atlético – Petraglia foi repetidamente citado. O site oficial do Atlético chegou a disponibilizar venda de ingressos para o jogo entre Paraná x Inter, o que causou surpresa nos torcedores. Werner não comentou o percentual repassado ao Atlético pelas vendas das entradas.

Reprodução
Venda de ingressos também foi feita pelo site oficial do Atlético

As reclamações dos atleticanos passam pela diferença de tratamento para com os inquilinos tricolores. Para o duelo contra o Inter, o Paraná não exigirá cadastramento biométrico e terá ingressos de até R$ 60, com direito a meia-entrada para qualquer pessoa que vestir a camisa do clube ou as cores azul, vermelha e branca. A torcida organizada do Paraná terá bateria e faixas liberadas. Já para o jogo de domingo entre Atlético e Atlético-MG, os ingressos custarão R$ 150, com cadastramento biométrico obrigatório e proibição de adereços.

O Paraná não informou a carga exata de ingressos já vendida, apesar do esgotamento. A assessoria de imprensa do clube disse que são cerca de 31 mil bilhetes, contando ainda com outros 4 mil que estarão disponíveis a torcida do Inter e outros 4 mil para sócios do Paraná que tem entrada livre. Ainda estarão disponíveis mil entradas a serem repassadas a patrocinadores, o que faria o total de 40 mil ingressos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos