Pai de Neymar espera que Palmeiras projete Lucas Lima para a seleção

Do UOL, em São Paulo

  • Neto Tuareg/Santos FC

    Lucas Lima deve assinar contrato com o Palmeiras em janeiro

    Lucas Lima deve assinar contrato com o Palmeiras em janeiro

Empresário de Lucas Lima, Neymar da Silva Santos afirmou em entrevista ao canal FOX Sports nesta terça-feira (28) que o objetivo principal do meia no Palmeiras, com quem ele deve assinar contrato em janeiro de 2018, será se destacar para voltar à seleção brasileira. Como o UOL Esporte havia publicado, o clube alviverde já fez uma proposta de pré-contrato ao jogador, cujo vínculo com o Santos se encerra em dezembro.

"O Lucas é um jogador de 27 anos que precisa mudar de clube não para pensar em um salto posterior, mas para pensar na seleção brasileira. Queremos que ele entre numa fase boa, que esteja em um grande clube, que possa projetá-lo para vestir a camisa da seleção. Se estiver bem, tenho certeza de que ele vai ter oportunidade pelo menos de ser visto, de ser olhado", disse o pai de Neymar, que vê como possibilidade uma convocação para jogar a Copa do Mundo de 2018.

"A gente tem que sonhar, a capacidade que nós temos de brasileiro é de sempre buscar os objetivos maiores. Todo jogador, não só o Lucas, como meu filho, de qualquer atleta, o sonho é seleção brasileira, ainda mais nessa época de Copa do Mundo", completou.

Divulgação
Pai de Neymar cuida da carreira de Lucas Lima

Neymar pai também confirmou que faltam apenas detalhes do contrato para fechar a negociação com o Palmeiras. "A gente resolveu acelerar o processo para poder acabar com essa situação. Pedi que o Palmeiras oficializasse a proposta, para a gente conversar com o presidente do Santos. Eles conversaram", afirmou.

O tempo de contrato, segundo o agente, não está definido. "Vai depender, o Lucas é um jogador novo e está livre. Tem 100% dos seus direitos federativos, então a gente não sabe se vai estipular multa, se vai ser de um ano, se vai prestar serviço por dois ou três anos. A gente está discutindo isso. Demanda um pouco de tempo para que a gente possa achar o melhor conceito contratual".

Por fim, o empresário falou sobre a saída de Lucas Lima do Santos. O jogador teve uma relação conturbada com clube e torcida nos últimos meses, sendo hostilizado pelas arquibancadas e afastado pela diretoria na reta final do Brasileirão.

"A saída do Santos foi porque não teve um acordo contratual, houve um desgaste também do jogador. Graças a Deus o Lucas conseguiu cumprir o contrato na sua totalidade com o Santos, e espero que ele saia pela porta de frente. Que o Santos reconheça o que o Lucas fez. Mas sei que é difícil para o torcedor aceitar, pela paixão, você ir para uma equipe adversária", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos