Presidente do PSG critica derrota para o Bayern e fala em "grande lição"

Do UOL, em São Paulo

  • Michael Dalder/Reuters

    PSG foi derrotado pelo Bayern de Munique

    PSG foi derrotado pelo Bayern de Munique

O presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, disse que ficou decepcionado com a atuação do PSG na derrota por 3 a 1 para o Bayern de Munique, na última terça-feira, e espera que o resultado sirva de lição para a sequência da campanha na Liga dos Campeões. 

Apesar da derrota em Munique, o PSG terminou como primeiro colocado do grupo. Porém, para Al-Khelaifi, a atuação do time, principalmente no primeiro tempo, esteve aquém do que é esperado para um concorrente ao título.   

"Nós não jogamos. Essa é a verdade. Estou muito desapontado com o resultado, a qualidade do jogo, especialmente no primeiro tempo. Depois, fomos melhores, mas não o suficiente para obter um empate", disse Al-Khelaifi, para quem a qualidade do adversário não pode ser uma desculpa.

"Foi uma ótima partida, jogamos contra um grande Bayern, um grande time da Europa, não um pequeno clube. Mas temos excelentes jogadores, não viemos aqui para tomar 3 a 1. Estou otimista para o futuro, mas não demos tudo o que pudemos neste jogo. É uma grande lição para todos. Terminamos em primeiro, sim, mas devemos estar bem preparados para as oitavas, devemos pensar", disse.

Com a formação de um time repleto de estrelas, como Neymar, Mbappé e Daniel Alves, o PSG tenta nesta temporada quebrar barreiras e lutar pelo inédito título da Liga dos Campeões.

A derrota para o Bayern encerra uma fase que o PSG mostrou supremacia contra Celtic e Anderlecht, mas acumulou uma derrota e uma vitórias contra seu rival mais forte. O time conhecerá o seu adversário nas oitavas de final em sorteio na próxima segunda-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos