Palmeiras desiste de Rafinha e analisa contratação de outro lateral direito

Danilo Lavieri e Rodrigo Mattos

Do UOL, em São Paulo e em Luque (Paraguai)

  • AFP PHOTO

    Rafinha celebra gol do Bayern em amistoso contra o Chelsea em Singapura

    Rafinha celebra gol do Bayern em amistoso contra o Chelsea em Singapura

Lincoln Cássio, empresário de Rafinha, avisou ao Palmeiras que o jogador não vai conseguir a liberação imediata do Bayern de Munique para realizar a sua vontade de voltar ao Brasil. 

O plano da equipe paulista era ver o atleta livre de seu contrato que vai até o meio do ano, mas os alemães não toparam e ainda ofereceram mais dois anos de vínculo. Ele era tratado como "oportunidade de mercado" por ser um jogador de potencial de seleção brasileira sem contrato válido. A informação foi divulgada pelo Sportv e confirmada pelo UOL Esporte nesta quarta-feira (20).

No evento do sorteio da Libertadores no Paraguai, a cúpula palmeirense já havia demonstrado pessimismo sobre o futuro das negociações. "Tivemos indicações de que ele ficará na Alemanha", explicou Galiotte.

Com a confirmação, a diretoria alviverde não descarta a contratação de outro lateral direito, mas diz que vai analisar o mercado antes de dar os próximos passos. Tudo porque a posição conta com Mayke, que ainda tem a confiança de seus superiores, e Fabiano, que está na lista de negociáveis, mas ainda não despertou interesse no mercado. Jean e Tchê Tchê também podem ser improvisados.

Além deles, João Pedro retorna da Chapecoense e é uma opção para a posição. Em Santa Catarina, no entanto, ele atuou por boa parte da temporada como meio-campista. 

No Atlético-MG, o nome de Marcos Rocha já foi especulado como possível reforço alviverde, mas os palmeirenses trataram de negar com veemência que o negócio possa ser feito. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos