Guardiola prevê Gabriel Jesus fora por 4 ou 6 semanas após exames

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters/Jason Cairnduff

    O técnico Pep Guardiola na partida entre Manchester City e Watford

    O técnico Pep Guardiola na partida entre Manchester City e Watford

Após a vitória do Manchester City por 3 a 1 sobre o Watford, nesta terça-feira, pelo Campeonato Inglês, o técnico Pep Guardiola foi questionado sobre a situação médica de Gabriel Jesus. Ao divulgar os resultados dos exames feitos no joelho esquerdo, no dia anterior, o clube confirmou que o atacante brasileiro não passará por cirurgia, mas não estipulou prazo para o retorno às atividades.

O treinador do City repetiu a previsão que havia dado minutos após o lance em que Gabriel lesionou o ligamento colateral medial, no dia 31 de dezembro, em partida contra o Crystal Palace.

"Ele ficará fora de quatro a seis semanas, talvez até um pouco mais, esperamos que seja o mais rapidamente possível", destacou Guardiola em entrevista coletiva no Ettihad Stadium.

Gabriel Jesus já iniciou em casa o tratamento no joelho esquerdo. Em seus perfis nas redes sociais, o atacante compartilhou imagem usando o Game Ready, equipamento com tecnologia da Nasa, a agência espacial dos Estados Unidos, que acelera a recuperação de lesões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos