Laterais chegam ao Palmeiras e lembram de rixa em BH: 'Era pancadaria'

Danilo Lavieri e Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

  • Leandro Miranda/UOL

    Diogo Barbosa e Marcos Rocha são apresentados no Palmeiras

    Diogo Barbosa e Marcos Rocha são apresentados no Palmeiras

O Palmeiras apresentou mais dois reforços nesta sexta-feira (5). Os nomes da vez foram os de Diogo Barbosa e Marcos Rocha. Sentados lado a lado e já vestindo o verde em 2018, os dois viveram uma rivalidade intensa no ano passado em Belo Horizonte representando o Cruzeiro e o Atlético-MG, respectivamente.

As brincadeiras sobre o período de rixa entre eles, inclusive, deram o tom na coletiva na Academia de Futebol. Nas finais dos estaduais, eles chegaram a trocar farpas via imprensa. O lateral direito chega por empréstimo de um ano; o esquerdo assinou contrato de cinco temporadas.

"Ele sabe a grandeza do jogo e quando tinha clássico não tinha amizade, era pancadaria, mas com respeito acima de tudo. Mas acho que no ano passado eu fui melhor", brincou Marcos Rocha, que será o camisa 22.

Diogo respondeu na mesma hora. "Será? Você ganhou o Mineiro e eu ganhei a Copa do Brasil". O ex-atleticano, então, retrucou. "Mas nos clássicos eu fui melhor", afirmou, para ouvir mais uma resposta. "Tudo bem, mas em títulos eu fui melhor", finalizou aos risos o ex-cruzeirense.

Na entrevista que antecedeu a decisão do estadual de 2017, Diogo chegou a dizer que era a hora de ver quem era quem. A resposta de Rocha veio dentro de campo, após a vitória atleticana, pedindo para abrir o jornal e ver quem é quem na foto do título.

Antes das brincadeiras, a dupla já havia trocado elogios e disse que o importante era que agora todos estavam no mesmo barco. O discurso dos dois, inclusive, já está afinado no que diz respeito à pressão que será representar o clube que gosta de dizer que tem a melhor estrutura do país.

"A responsabilidade aumenta. Jogar em São Paulo, que é o centro do futebol hoje. Mas acho que nós dois estamos preparados. Vamos precisar da ajuda dos nossos companheiros", disse Marcos Rocha.

"Tanto se fala em dinheiro que o Palmeiras tem, mas quem ganha é o atleta. A estrutura que tem para o atleta só se cuidar. Vai ter essa pressão de fora, da imprensa, o que nós devemos fazer é nos preparar. É um elenco muito forte, com contratações pontuais e chegamos para aumentar", disse o lateral esquerdo que vestirá a camisa 6.

No Palmeiras, Diogo deve lutar para ser titular contra Victor Luis, com quem mantém relação fora dos campos. Já Rocha disputará vaga com Mayke e Jean. Seu outro trunfo é poder ajudar Moisés na responsabilidade da jogada ensaiada que marcou o time nos tempos de Cuca: o lateral jogado direto na área.

"Fiz muito isso com o Cuca no Atlético-MG e agora vou poder ajudar o Moisés. Ele vai ter uma folguinha", brincou o lateral direito.

O Palmeiras já havia apresentado Lucas Lima, Weverton e Emerson Santos como reforços para 2018. O time ficará concentrado até o próximo dia 10 na Academia de Futebol e estreia no Estadual no dia 18, contra o Santo André, no Allianz Parque.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos