Corinthians sofre gol no fim, mas bate o PSV nos pênaltis na estreia no ano

Do UOL, em São Paulo

  • Gregg Newton/AFP Photo

    Jogadores do Corinthians comemoram gol marcado por Rodriguinho no primeiro tempo

    Jogadores do Corinthians comemoram gol marcado por Rodriguinho no primeiro tempo

O Corinthians começou a temporada 2018 com o pé direito. O atual campeão brasileiro derrotou o PSV Eindhoven, da Holanda, nos pênaltis, após um empate por 1 a 1 no tempo normal. Rodriguinho marcou o gol alvinegro no duelo válido pela Florida Cup, em Orlando, Estados Unidos. Lammers empatou no último minuto do jogo.

O goleiro Caique salvou o time alvinegro nas penalidades ao defender o chute no triunfo por 5 a 4. Com o triunfo, a equipe brasileira soma dois pontos em vez de três - um pelo empate nos 90 minutos e outro adicional por vencer nos pênaltis. A Florida Cup é disputada no sistema de pontos corridos.

Embora tenha mostrado falta de ritmo no primeiro jogo do ano, o Corinthians conseguiu superar o líder do Campeonato Holandês nos pênaltis ao balançar a rede na primeira etapa da partida e sofrer o empate no último lance. Júnior Dutra, Fellipe Bastos, Maycon, Camacho e Giovanni Augusto marcaram os gols nas penalidades.

No jogo, os titulares do técnico Fábio Carille atuaram os primeiros 45 minutos (no segundo tempo, todos os 11 jogadores foram trocados). A equipe corintiana volta a campo no próximo sábado na segunda partida pela Florida Cup. O adversário da vez será o Glasgow Rangers, da Escócia. O confronto será novamente em Orlando, às 16h (de Brasília).

O melhor: Rodriguinho e Caique

Gregg Newton/AFP Photo

O meio-campista corintiano atuou bem nos 45 minutos em que esteve em campo. Atuando pelo lado esquerdo do meio-campo, por dentro, Rodriguinho deu velocidade ao time alvinegro e, de quebra, marcou o gol do Corinthians. Já o goleiro reserva fez duas boas defesas no segundo tempo e ainda salvou a equipe corintiana nos pênaltis.

O pior: Kazim

Embora tenha mostrado muita vontade, como é habitual, o centroavante esteve muito mal tecnicamente, com direito a alguns passes errados. O jogador turco teve uma chance no primeiro tempo, mas escorregou no lance e não conseguiu finalizar.

PSV começa melhor e assusta

Gregg Newton/AFP Photo

Com mais ritmo de jogo, o time europeu comandou as primeiras ações da partida. Aos 17 minutos, o adversário do Corinthians teve a primeira chance: Van Ginkel arriscou de longe e Cássio espalmou para escanteio. Após a cobrança, o PSV quase abriu o placar no toque de cabeça de De Jong, mas a bola saiu pela linha de fundo. 

Corinthians abre o placar

O time do técnico Fábio Carille conseguiu fazer 1 a 0 na base da bola parada. Aos 23 minutos, Jadson cruzou a bola na área. A bola passou pela zaga holandesa e encontrou Rodriguinho no segundo pau. O meia venceu a marcação e tocou de chapa para o fundo do gol.

Passes errados em demasia

Não foi só Kazim que mostrou dificuldades no fundamento. Jadson, atuando por dentro, também errou alguns passes fáceis no meio-campo. Aberto à direita, Romero também errou algumas tentativas, sobretudo nos cruzamentos rasteiros para a área.

11 mudanças no intervalo

Gregg Newton/AFP Photo

O Corinthians entrou em campo com a base do time campeão brasileiro em novembro passado, com Kazim, Juninho Capixaba e Pedro Henrique nas vagas de Jô, Guilherme Arana e Pablo, respectivamente, além de Jadson no lugar de Camacho. Na etapa final, Carille, como já era esperado, trocou todas as peças do time que voltou às atividades há uma semana.

Time brasileiro recua

Nos últimos 45 minutos, o Corinthians passou a ter menos posse de bola, atuando com praticamente todos os jogadores atrás da linha da bola. A postura chamou o PSV, que teve grande chance para empatar aos 29 minutos - o atacante Mauro, cara a cara com Caique, chutou para fora. 

Caique salva o Corinthians

Nos minutos finais, o goleiro reserva alvinegro salvou dois gols do PSV. Primeiro, aos 43, evitou um gol de Mauro. Nos acréscimos, Caique defendeu um chute de Malen com os pés. No rebote, Mauro chutou com o gol vazio e viu Guilherme Romão afastar a bola em cima da linha.

PSV empata no último lance

A pressão dos holandeses deu certo no ato derradeiro da partida. Após um cruzamento na área, o atacante Lammers pegou a sobra do bate-rebate e conseguiu, enfim, balançar a rede em Orlando.

Corinthians no 4-1-4-1

Gregg Newton/AFP Photo

O time alvinegro enfrentou o PSV com mudanças também no esquema tático. Campeão paulista e brasileiro em 2017 no 4-2-3-1, o Corinthians atuou no 4-1-4-1, com apenas Gabriel na contenção no primeiro tempo. Jadson, dessa forma, voltou a ser titular ao lado de Rodriguinho - Camacho, com isso, voltou ao banco de reservas.

Duelo com o líder do Holandês 

O PSV é o líder do Campeonato Hoalndês, com cinco pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o Ajax. A equipe do técnico Phillip Cocu soma 45 pontos em 18 jogos disputados - são 15 vitórias, um empate e apenas duas derrotas. O clube tenta voltar a ser campeão nacional - venceu em 2014/15 e 2015/16 - depois de ver o Feyenoord erguer a taça na temporada passada.

Duas estreias no Corinthians

A noite foi de estreia para dois reforços do Corinthians. Juninho Capixaba, destaque do Bahia no Brasileirão, jogou os primeiros 45 minutos com a camisa do Corinthians, enquanto Júnior Dutra, ex-Avaí, atuou durante todo o segundo tempo na referência do ataque.

Mais uma semana até a estreia

O Corinthians tem mais seis dias de preparação até a primeira partida oficial da temporada. A equipe começa a defender o título estadual na próxima quarta-feira, diante da Ponte Preta, no Pacaembu, a partir das 21h45 (de Brasília).

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 (5) x 1 (4) PSV EINDHOVEN

Data: 10 de janeiro de 2018, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Competição: Florida Cup
Local: Orlando City Stadium
Árbitro: Jonathan Bilinski (EUA)
Assistentes: Matthew Miscannon e Miguel Martes (ambos dos EUA)
Cartões amarelos: Léo Príncipe e Guilherme Romão (Corinthians); Pablo Rosario (PSV Eindhoven)

Gols: Rodriguinho, aos 23 minutos do primeiro tempo, e Lammers, aos 48 minutos do segundo tempo.

Nos pênaltis: Júnior Dutra, Fellipe Bastos, Maycon, Camacho e Giovanni Augusto marcaram para o Corinthians; Maher, Schwaab, Arias e Malen  fizeram para o PSV. Lammers perdeu.

CORINTHIANS: Cássio (Caique); Fagner (Léo Príncipe), Balbuena (Léo Santos), Pedro Henrique (Warian) e Juninho Capixaba (Guilherme Romão); Gabriel (Fellipe Bastos); Clayson (Giovanni Augusto), Jadson (Maycon), Rodriguinho (Camacho) e Romero (Marquinhos Gabriel); Kazim (Júnior Dutra). Técnico: Fábio Carille

PSV EINDHOVEN: Zoet; Santiago Arias, Schwaab, Isimat-Mirin e Brenet; Hendrix (Mauro Júnior), Van Ginkel (Pablo Rosario) e Gastón Pereiro (Malen); Hirving  Lozano (Gapko), Bergwijn (Maher) e Luuk de Jong (Lammers). Técnico: Phillip Cocu

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos