Jornal francês critica postura "irritante" de Neymar em jogo

Do UOL, em São Paulo

  • Benoit Tessier/Reuters

A atuação de Neymar contra o Amiens, na última quarta-feira (10), pela Copa da Liga Francesa, rendeu críticas do jornal "L'Équipe". A publicação chamou a postura do brasileiro de "irritado e irritante", citando a postura após cada falta sofrida e a comemoração ao marcar um gol – Neymar colocou a chuteira na testa.

A comemoração teria sido uma homenagem a um amigo de Neymar. O gesto, contudo, é visto culturalmente na França como um deboche.

Na análise, o "L'Équipe" destaca que Neymar não escondeu a irritação após as faltas sofridas. E salientou que os lances, acompanhados das vaias vindas das arquibancadas, levam o brasileiro a tentar cada vez mais jogadas de efeitos.

A publicação destaca que após cada falta sofrida, Neymar costuma conversar com Thiago Silva, capitão do PSG, para que o defensor cobre uma postura mais dura da arbitragem em relação às faltas. "O capitão do PSG não hesitou em correr (em direção ao árbitro) após cada falta sofrida por seu amigo".

O jornal francês encerra sua análise afirmando que a arbitragem precisará encontrar um equilíbrio entre proteger a integridade de Neymar e a necessidade de se permitir que faltas aconteçam. "Caso contrário, esse irritante e zombador Neymar, já visto diversas vezes no Barcelona, reaparecerá. Muitas vezes...".

Na esteira das críticas do "L'Équipe", o jornal espanhol "Sport" aproveitou para também atacar o brasileiro. "Bem-vindo à República Independente de Neymar, em que faz o que quer, quando quer e não se importa com quem seja". A publicação afirmou que, em cinco meses, os franceses estão vendo o melhor e o pior do ex-jogador do Barcelona.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos