Andrés Sanchez diz não temer Lava Jato: "dou risada"

  • TV UOL

Candidato à presidência do Corinthians, Andrés Sanchez disse não se preocupar com investigações da Operação Lava Jato. Em entrevista ao canal "Esporte Interativo", o atual deputado federal do PT-SP negou nesta sexta-feira (19) ser afetado pela abrangente investigação da Polícia Federal.

"Eu não (temo), dou risada", afirmou. "Eu nunca estive na Lava Jato. Eu tenho algumas investigações, que não é processo nem inquérito, sobre a empresa da minha família que eu tive há dez anos. Do resto não tenho nada. Eu nunca estive na Lava Jato."

Ao contrário do que o político afirma, seu nome começou a ser investigado pela operação em novembro de 2016, com uma abertura de inquérito por corrupção passiva. Na época, Andrés declarou que não foi notificado de nada.

Já em fevereiro de 2017, o nome de Andrés apareceu na relação premiada de Luiz Bueno, ex-diretor-superintendente da Odebrecht, e de Benedito Júnior, ex-presidente de infraestrutura da empreiteira. A Odebrecht, responsável pela construção da Arena Corinthians, teria pago R$ 2,5 milhões de caixa dois para campanha de 2014 do então candidato a deputado federal.

"Mas tem pessoas que insistem em falar que a Arena está na Lava Jato. Arena não está na Lava Jato, está no Fair Play que todos os estádios da Copa do Mundo estão sendo investigados", conclui Andrés.

O deputado federal é candidato à presidência do Corinthians, em eleição marcada para o próximo dia 3 de fevereiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos