Pelé cancela viagem a Londres, mas familiares negam desmaio por exaustão

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Alexander Zemlianichenko

O tricampeão mundial Pelé cancelou viagem a Londres marcada para este fim de semana. De acordo com a Associação de Cronistas de Futebol da Inglaterra (FWA, na sigla em inglês), que homenagearia o ex-jogador, o motivo da ausência foi um desmaio por exaustão em sua casa no Brasil. Assessoria e familiares do "Rei do Futebol" negam a informação.

A FWA havia marcado um jantar em homenagem ao ex-jogador no domingo em um hotel, mas informou que Pelé, de 77 anos, não poderá comparecer.

"Nas primeiras horas da manhã de quinta-feira, Pelé desmaiou e foi levado a um hospital no Brasil onde passou por uma série de exames, que apontaram para uma exaustão grave", disse a FWA em comunicado.

"Ele permanece no soro enquanto os médicos monitoram sua recuperação. Felizmente, não há indicação de nada mais sério do que exaustão."

Procurados pelo UOL Esporte, familiares de Pelé disseram não saber de qualquer incidente e afirmaram que o "Rei" passa bem. A assessoria de imprensa do ex-jogador confirmou o cancelamento da viagem, mas explicou que a decisão de não ir à Londres foi tomada para evitar cansaço, já que ele havia acabado de retornar de carro do Rio de Janeiro - onde participou do lançamento do Campeonato Carioca na condição de embaixador da competição. 

Ainda informou que Pelé está em sua casa no Guarujá, onde realiza sessões de fisioterapia.

Pelé já foi hospitalizado nos últimos anos por problemas na próstata e no rim, e também passou por uma cirurgia no quadril. Nesta semana, ele apareceu publicamente utilizando um andador ao ser homenageado na festa de lançamento do Campeonato Carioca, no Rio de Janeiro.

* Com informações da Reuters

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos