Cueva justifica atrito no São Paulo: "Parece que não sou importante"

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Erico Leonan/saopaulofc.net

    Cueva discordou do posicionamento do São Paulo sobre estar descomprometido

    Cueva discordou do posicionamento do São Paulo sobre estar descomprometido

Christian Cueva falou ao UOL Esporte sobre a decisão de não viajar com o elenco do São Paulo para enfrentar o Mirassol, nesta quarta-feira, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. O peruano admitiu que pediu para não ser relacionado, mas justificou o ato pelo fato de não ser titular: "me pareceu que não sou importante para o time".

O São Paulo divulgou nota em seu site oficial mais cedo e disse que Cueva se mostrou insatisfeito após ver a diretoria barrar uma proposta para vendê-lo. A oferta era do Al Hilal, da Arábia Saudita. Além disso, o diretor-executivo de futebol Raí disse que o camisa 10 tem mostrado que "não está comprometido com a agenda do clube". O meia rebateu:

"Estou tão comprometido com o clube que na última partida não estava programado para ir para o jogo e pedi para ajudar o São Paulo, pois vínhamos de uma derrota (entrou no segundo tempo do empate em 0 a 0 com o Novorizontino, no sábado). Esperava começar jogando amanhã (quarta, contra o Mirassol) para estar bem de ritmo e fisicamente para o jogo contra o Corinthians (no próximo sábado), porém por opção da comissão eu ficaria no banco. Pedi para não viajar e analisar as propostas que chegaram. Estou à disposição sempre para ajudar esse grande clube, jogando", assegurou o atleta, que chegou a falar o mesmo em sua conta no Instagram, mas apagou a publicação pouco depois.

Cueva não acredita que ficaria no banco pelo fato de ter iniciado a pré-temporada mais tarde que os demais companheiros, já que se apresentou com quase uma semana de atraso. O meia banca que a decisão era simplesmente técnica. No treino tático da última segunda-feira, o armador estava no time reserva, mas em duas atividades diferentes foi puxado para a formação titular por Dorival Júnior.

O São Paulo insiste que não gostaria de vender Cueva antes da Copa do Mundo, disputada em junho na Rússia. O meia deve ser um dos protagonistas do Peru.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos