Com queda de Dorival, SP teve 12 técnicos após último título do clube

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

Desde seu último título conquistado, a Sul-Americana de 2012, o São Paulo colecionou diversos técnicos. Nesta sexta-feira, foi a vez de Dorival Junior ser demitido, sendo o 12º treinador a comandar o clube neste período de jejum de taças.

Dorival não resistiu a mais uma derrota do São Paulo no Paulistão (são cinco derrotas no torneio). O time tricolor perdeu na quinta-feira para o Palmeiras, 2 a 0, no Allianz Parque.

Muricy Ramalho foi quem teve maior estabilidade no cargo nesta fase pós-título da Sul-Americana. Ele treinou o time por mais de um ano e meio - setembro de 2013 a abril de 2015.

Em 2013, passaram pelo Morumbi os técnicos Ney Franco, Milton Cruz (interino), Paulo Autuori e Muricy Ramalho. No ano de 2015, o São Paulo contou com os serviços de Milton Cruz, Juan Carlos Osorio, Doriva e Edgardo Bauza.

Em 2016, estiveram no comando tricolor André Jardine (interino), Ricardo Gomes, Pintado e Rogério Ceni. Um ano depois, o São Paulo teve Ceni, Pintado e Dorival.

Para a sequência do Estadual, o São Paulo será treinado interinamente por André Jardine.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos