Santos quer pagar R$ 43 mi em novo CT, e oferece R$ 20 mi só de entrada

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

    Diretoria decidiu comprar novo CT para a base após ver abandono do CT Meninos da Vila

    Diretoria decidiu comprar novo CT para a base após ver abandono do CT Meninos da Vila

O Santos já enviou duas propostas oficiais para a compra de um novo centro de treinamento para as categorias de base, como revelou o UOL Esporte com exclusividade na semana passada. O local fica em São Vicente-SP e custará aos cofres do clube R$ 43 milhões, sendo que R$ 20 milhões serão pagos à vista.

O local pertence à AFC, associação sem fins lucrativos que atende funcionários da Usiminas, e tem cerca de 280 mil m². O CT Meninos da Vila e o Rei Pelé, por exemplo, possuem entre 30 mil e 40 mil metros quadrados.

Por conta disso, o clube paulista pretende, além de pagar o montante, fechar uma parceria com a empresa cubatense. Inicialmente, na primeira proposta, a Usiminas teria sua marca exposta no uniforme santista, mas a segunda oferta prevê outras parcerias: como utilizar os aços da empresa nas construções do clube, incluindo o novo CT, lojas, naming rights e backdrops e até peneiras para filhos de associados da AFC.

A diretoria santista alega que o dinheiro da entrada foi possível por conta da série de demissões que ocorre neste ano. Na conta deles, o clube está economizando R$ 23 milhões com o "enxugamento" no quadro de funcionários. Vale ressaltar que a diretoria ainda levará o projeto para ser aprovado no Conselho Deliberativo.

O terreno foi avaliado em R$ 80 milhões e, por isso, o Santos acreditar estar fazendo um grande negócio ao pagar R$ 43 milhões. Além dos 20 milhões de entrada, o clube paulista pretende parcelar o restante até 2020, com parcelas de R$ 2,5 milhões e R$ 3 milhões.

O local já possui campos e até piscinas para que o clube paulista também ofereça uma área social aos sócios. A diretoria santista trata o assunto de forma sigilosa e não fala sobre o tema publicamente, mas a ideia é centralizar todos os elencos das categorias de base e o futebol feminino no local. Até o sub-20, que sempre treinou no CT Rei Pelé, seria deslocado para o novo CT.

A ideia surgiu entre os dirigentes santistas após o presidente José Carlos Peres encontrar o CT Meninos da Vila abandonado, como revelou o UOL. Até galinheiro havia no local.

Com o problema exposto no CT Meninos da Vila, a diretoria do Santos entende que as categorias de base precisam de investimentos e estruturas melhores, pois dão fruto para o clube dentro e fora de campo. Segundo eles, são R$ 100 milhões de receita por ano com venda de atletas e recebíveis por ser clube formador (mecanismo de solidariedade da Fifa), e "apenas" R$ 15 milhões de investimento anual.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos