Tréllez exalta entrega do time: "Queremos fazer história no São Paulo"

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Ale Cabral/AGIF

    Tréllez teve participação decisiva no clássico com o Corintihans

    Tréllez teve participação decisiva no clássico com o Corintihans

Se falta tempo para que Diego Aguirre coloque em prática jogadas ensaiadas ou um estilo mais específico de jogo para o São Paulo, o mesmo não se aplica para o espírito da equipe. O Tricolor, depois de estrear de forma apática sob o comando do uruguaio na partida de ida contra o São Caetano, adotou postura mais vibrante em campo. Assim, se reaproximou da torcida, avançou para a semifinal do Campeonato Paulista e largou em vantagem contra o Corinthians por uma vaga na decisão. Segundo o centroavante Santiago Tréllez, em entrevista ao SporTV, essa atitude será rotina no clube a partir de agora.

"O Aguirre quer colocar isso no time, que a gente tenha vontade. À vezes a gente pode errar, mas a atitude é uma coisa que não podemos negociar e não pode faltar. Estamos mostrando isso e dificultamos muito mais para os adversários", explicou o colombiano, que já criou dois gols para o São Paulo justamente apostando nessa entrega maior em campo. Contra o São Caetano, bloqueou chute do goleiro Paes e empurrou para o gol vazio. Diante do Corinthians, evitou cruzamento de Mantuan, armou contra-ataque e viu Nenê marcar no rebote de Cássio.

Tréllez lembra, entretanto, que ainda é preciso fazer mais para que o Tricolor, enfim, tenha paz. O clube não conquista um título desde 2012, quando faturou a Copa Sul-Americana, e pode chegar ao maior jejum sem taças do Paulistão. A última taça saiu em 2005 e o maior tabu é de 13 anos, entre 1957 e 1970, mesmo período que pode ser alcançado em caso de fracasso nesta temporada.

"É muito tempo sem ser campeão estadual. A gente quer fazer história no São Paulo. Queremos mudar a situação que está e acabar com os jejuns grandes. Tem que vencer os grandes jogos para ter a oportunidade de retomar a confiança para o time e para a torcida. Vai ser um jogo difícil, mas temos grandes chances de conseguir a classificação. Se a gente quer vencer, ganhar coisas importantes, temos de ganhar dos melhores, e um dos melhores é o Corinthians", alertou.

A partida de volta da semifinal do Paulistão está marcado para quarta-feira, às 21h45, na Arena Corinthians. O São Paulo pode até empatar que se classifica para a final. Vitórias alvinegras por um gol causam disputa de pênaltis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos