Flamengo espera Renato, mas já projeta "novo Zé Ricardo" no Ninho

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/Flamengo

    Maurício Barbieri é o comandante interino do Flamengo, que busca Renato Gaúcho

    Maurício Barbieri é o comandante interino do Flamengo, que busca Renato Gaúcho

O momento decisivo para o Flamengo em relação ao novo técnico está próximo. O Rubro-negro aguarda o posicionamento de Renato Gaúcho e soma elementos para tentar seduzir o comandante do Grêmio até o último minuto. Por outro lado, um plano para a direção do elenco já está projetado no departamento de futebol.

Não é segredo que Renato é o nome de consenso na Gávea. O técnico vive excelente fase, enfileira títulos, tem identificação com o Flamengo e experiência suficiente para tirar o elenco milionário da má fase na qual se encontra. Só que os responsáveis pelo futebol sabem que a transferência é complicada por tudo o que envolve treinador e Grêmio.

Se as tratativas com Renato naufragarem, um plano está costurado. O presidente Eduardo Bandeira de Mello, o CEO Fred Luz e o diretor executivo Carlos Noval são entusiastas da ideia de formar um "novo Zé Ricardo" no Ninho do Urubu.

Ricardo Rimoli/AGIF
Renato Gaúcho é o sonho de consumo do Flamengo, mas negociação é complicada
O escolhido seria Maurício Barbieri, auxiliar que já comanda o elenco desde a saída de Paulo César Carpegiani e que pode ser efetivado no cargo ao somar bons resultados ter uma avaliação positiva no dia a dia.

O processo seria parecido com o que apresentou o técnico Zé Ricardo para o Brasil. Ele foi interino ao Muricy Ramalho se desligar por problemas de saúde. Fez um bom trabalho e terminou efetivado. Zé chegou a renovar o contrato e foi demitido só apenas uma sequência de resultados negativos no Campeonato Brasileiro do ano passado. Nem mesmo a eliminação vexatória na primeira fase da Copa Libertadores o derrubou.

A diferença é que Zé Ricardo tinha anos de Flamengo e com uma série de títulos nas categorias de base. Maurício Barbieri tem apenas 36 anos e passou por clubes mais modestos. Ele chegou somente no começo deste ano ao Rubro-negro, só que conta bastante com a simpatia dos dirigentes, principalmente Carlos Noval.

Barbieri é considerado integrante de uma promissora nova safra de treinadores. O profissional tem ideias modernas de tática e treinamentos, o que agrada aos cartolas do Flamengo, sobretudo porque o clube pretende prosseguir com o projeto de também formar técnicos no Ninho do Urubu.

Por outro lado, a resistência ao trabalho de Barbieri é grande nos bastidores. Ele é considerado inexperiente para comandar um elenco que necessita dar resultados com urgência e que tem jogos importantíssimos da Copa Libertadores pela frente. Renato Gaúcho é o sonho de consumo, mas o novato pode ter a grande chance da carreira na Gávea.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos