Jornal uruguaio ironiza jogada violenta de Felipe Melo: "Ele voltou"

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Reprodução

    Felipe Melo recebeu críticas de jornal uruguaio

    Felipe Melo recebeu críticas de jornal uruguaio

Os uruguaios seguem incomodados com a postura de Felipe Melo. Protagonista da briga com atletas do Peñarol na temporada passada, o volante voltou a ser notícia no país vizinho pela atuação contra o Boca Juniors, em duelo da última quarta-feira, no Allianz Parque. O jornal 'Ovacion Digital', braço esportivo do El Pais, ironizou a cumplicidade do árbitro com o jogador do Palmeiras.

A publicação escreveu um texto intitulado "O grande Felipe Melo voltou", em que o palmeirense é acusado de ter uma postura violenta.

"Depois de perder a postura para Emanuel Reynoso, Felipe Melo voltou a demonstrar toda a sua agressividade dentro do campo. (...) Deveria ser expulso, mas Andrés Cunha, mal no jogo, apenas mostrou o cartão amarelo", escreve o jornal uruguaio.

Felipe Melo possui uma fama ruim no Uruguai desde a apresentação no Palmeiras, quando disse que "daria tapa na cara de uruguaio" em 2017. As declarações foram interpretadas de maneira negativa pelo Peñarol, que enfrentou o time alviverde duas vezes na Libertadores do ano passado.

Depois de o Palmeiras vencer por 3 a 2 em São Paulo, Felipe Melo se envolveu em uma grande confusão no jogo ocorrido em Montevidéu. Jogadores do Peñarol, principalmente Mier (hoje no Junior Barranquilla), perseguiram o volante da equipe brasileira, que acertou um soco no rival.

O camisa 30 acabou suspenso por seis jogos pela Conmebol, mas teve a pena reduzida para três após apelação palmeirense. Felipe Melo atuou nos três jogos do Palmeiras nesta edição da Copa Libertadores; clube brasileiro lidera o grupo 8 com sete pontos, dois a mais do que o Boca Juniors.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos