Guardiola, Klopp e times rivais reverenciam Wenger após deixar o Arsenal

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

Arsenal e Arsene Wenger anunciaram nesta sexta-feira que a relação de 22 anos será encerrada no meio do ano. A reação no mundo futebolístico foi imediata. Jogadores, técnicos e clubes exaltaram o técnico francês.

Pep Guardiola foi uma das personalidades a elogiar a conduta de Wenger.

"Arsene Wenger tem todo o meu respeito. A premier League é o que é hoje pelo o que o Wenger fez, com sua visão e respeito pelo futebol. Eu creio que ele será visto como o melhor de todos no futuro. É claro que foi um prazer trabalhar com ele", comentou.

A reverência feita por Guardiola a Wenger acontece dois meses após bate boca entre os dois na decisão da Copa da Liga Inglesa. O técnico francês chegou a colocar dedo em riste em frente a Guardiola. O City venceu por 3 a 0.

Rivais do Arsenal também destacaram os serviços prestados por Wenger no futebol inglês.

O Manchester United comentou nas redes sociais: "Parabéns pelos incríveis 22 anos à frente do Arsenal, Wenger, e que tenha sorte neste restante da temporada...exceto ao seu jogo de número 60 contra nós no próximo domingo", comentou o United, em tom irônico.

O Liverpool retransmitiu mensagem do técnico Jurgen Klopp: "Um modelo a ser seguido. Um influenciador muito bem sucedido".

Ex-atletas do Arsenal, Robin Van Persie e Cesc Fabregas também apoiaram Wenger.

"Obrigado, Arsene, por todos conselhos nos meus anos. Você é um homem muito especial e um técnico top! Definitivamente um dos melhores da história!", comentou Van Persie.

"Jamais esquecerei sua orientação e apoio, sua tutela e orientação. Ele tinha fé em mim desde o primeiro dia e eu devo muito a ele. Ele é como uma figura paterna para mim, porque sempre me incentivou a ser o melhor", escreveu Fabregas.

Os brasileiros que já atuaram pelo Arsenal também comentaram sobre a saída do técnico.

"Foi uma honra trabalhar com você. Obrigado por tudo que você me ensinou. Trabalhamos juntos por pouco tempo mas foi o suficiente para eu entender a lenda que você é. Parabéns por ter transformado o futebol inglês e por ser um ícone para o Arsenal", escreveu o meia André Santos, que atualmente defende o Boluspor.

Já o zagueiro Gabriel Paulista, que também já jogou pelo time inglês, disse que foi Wegner que ensinou a ele tudo o que ele sabe sobre futebol. "Eu aprendi muito com esse homem, que é honesto e tem um enorme coração. Ele me ensinou tudo o que eu sei sobre futebol. Muito obrigado por tudo o que você fez nestes 22 anos de dedicação ao Arsenal", completou.

Além desses, outras estrelas do futebol escreveram em suas redes sociais sobre a saída do técnico.

Thomas Vermaelen, hoje no Barcelona, escreveu: "Foi uma enorme honra jogar para você e sou muito grato por ter tido a oportunidade de jogar pelo Arsenal. Você merece o máximo de respeito por tudo o que fez pelo clube. Eu desejo o melhor para você, professor!".

David Beckham também dedicou palavras ao futuro ex-técnico do Arsenal. "Agora, talvez esse homem não tenha o respeito que merece pelos 22 anos de um ótimo trabalho, um ótimo futebol e um ótimo rival para nós do Manchester United. É momento de celebrar tudo o que Arsene fez para o Arsenal!", comentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos