Conselheiros ligados à FPF não aparecem em votação no Conselho do Palmeiras

Leandro Miranda e Ricardo Perrone

Do UOL, em São Paulo

  • Ale Cabral/AGIF

    Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, rompeu com a FPF e iniciou a confusão

    Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, rompeu com a FPF e iniciou a confusão

Três conselheiros do Palmeiras ligados à Federação Paulista de Futebol (FPF) não compareceram à votação da última segunda-feira, que definiu mudanças no estatuto do clube. Américo Calandriello, vice-presidente de relações institucionais da FPF, Domingos Cangiano, ouvidor de competições da FPF, e Luís Antônio Vidal, vice-presidente do TJD, foram ausências na reunião do Conselho Deliberativo.

Pessoas próximas alegaram que houve um "entendimento interno" de que seria melhor ficar fora de assuntos polêmicos, já que a FPF tem sido muito visada desde a final do Campeonato Paulista, quando o presidente palmeirense Maurício Galiotte rompeu com a entidade.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos