Topo

Futebol


Fama de goleador forte e técnico. Quem é o novo brasileiro do Real Madrid

Divulgação
Rodrigo, de agasalho cinza, entre os agentes Edu (à direita) e Neto Genovez (centro) Imagem: Divulgação

Bruno Freitas

Do UOL, em São Paulo

2018-06-01T04:00:00

01/06/2018 04h00

"Lembra muito um Cristiano Ronaldo, pela maneira de correr, força física e pela condição técnica muito boa. Acho que isso chamou a atenção do Real Madrid". A declaração do presidente do Novorizontino sobre o jovem Rodrigo Farofa pode soar exagerada, mas talvez seja coerente com o entusiasmo de um clube que acaba de efetuar a negociação mais importante de sua história. Aos 18 anos, o atacante deixa o modesto time do interior paulista para ser a partir de agosto jogador da maior potência do futebol mundial.

Depois de uma negociação que durou alguns meses, o Real Madrid concretizou a contratação de Rodrigo Antônio Rodrigues na última terça-feira. Criado nas categorias de base do Novorizontino, o atacante de 18 anos chegou a passar pelo Palmeiras na disputa do Mundial Sub-17 na Espanha, em 2017, quando chamou a atenção de olheiros do gigante espanhol. Marcou cinco gols em cinco partidas, em desempenho que inaugurou as conversas.

"Jogou o Mundial pelo Palmeiras, depois o Real Madrid passou o ano todo monitorando ele. Queriam ver se era isso mesmo que eles queriam. No final chegaram à conclusão que era sim", afirmou Neto Genovez, um dos agentes de Rodrigo, ao lado de Edu (ex-meia de Betis e São Paulo).

Thomaz Jannuzzi/Novorizontino/Divulgação
Rodrigo Farofa em ação pelo Novorizontino Imagem: Thomaz Jannuzzi/Novorizontino/Divulgação

"O diferencial dele é ser um jogador muito rápido. Tem uma característica de ser imprevisível, não faz a jogada básica, tenta fazer a novidade dentro de campo. Potencial físico e velocidade dentro de campo. Em Novo Horizonte aprimorou bastante sua capacidade. Em 2017 já tinha vários clubes atrás dele", disse Fábio Pícolo, proprietário da Mult Sport Escola na cidade de São Carlos, considerado o descobridor do atacante de 1,79 m.

Na terça, o atacante brasileiro firmou contrato de seis temporadas com o Real Madrid. Inicialmente, ao contrário do futuro projetado para o flamenguista Vinícius Júnior, Rodrigo Farofa deve ser encaminhado para uma das equipes auxiliares do clube.

A decisão ficará para agosto, mas o ex-atleta do Novorizontino tem dois destinos possíveis: o Juvenil A (time sub-19 que joga a Champions League da categoria) ou o Castilla (espécie de Real Madrid B, equipe sem limite de idade, que disputa a Segunda Divisão B espanhola).

"É um menino muito dedicado, muito competitivo, com muita qualidade técnica. A gente começou a preparar ele assim que essa possibilidade apareceu. Pode alcançar voos grandes, mas só o tempo vai dizer se vai conseguir a notoriedade pelo Real. Como toda contratação de jogador de base, não dá para ter 100% de certeza", comentou o agente Neto Genovez. 

Acerto com o Real rende multa de R$ 1 milhão ao Palmeiras
Reprodução
Imagem: Reprodução

Rodrigo Farofa foi cedido ao Palmeiras em agosto de 2017 para a disputa do Mundial Sub-17, na Espanha. O então atacante do Novorizontino foi o destaque da campanha, que parou na semifinal, com derrota para o Benfica. Na época, o clube de São Paulo acertou um acordo de preferência, com multa no caso de um concorrente do exterior entrar na disputa pelo jovem. 

"Tínhamos uma situação com o Palmeiras, ele foi disputar o Mundial da categoria. Após essa competição, o Palmeiras topou a compra de 70% do atleta, um acordo de preferência. Mas se aparecesse uma situação exterior, existia uma multa de R$ 1 milhão, caso a negociação fosse concretizada. Foi o que aconteceu. A gente cumpriu, pagou a multa. Ficamos resolvidos com o Palmeiras", afirmou Genilson da Rocha Santos, presidente do Novorizontino.

Desde que passou a ser monitorado pelo Real Madrid, Rodrigo encarou um projeto de preparação para a negociação. Segundo o presidente do Novorizontino, nos últimos meses o atacante encarou aulas de espanhol e um treinamento de comportamento profissional, voltado ao mercado europeu.

Rodrigo chegou ao Novorizontino em 2015 e disputou o Campeonato Paulista Sub-15. No ano seguinte, jogou o Paulista Sub-17, em seu primeiro ano na categoria. Titular da equipe, marcou 14 gols na competição. Então com 16 anos em 2017, foi titular da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Mais adiante, figurou em compromissos do Paulistão profissional. Agora, precocemente, encara um novo patamar de carreira.

"É a realização de um sonho poder vestir a camisa do maior clube do mundo. Tenho certeza de que estou no melhor lugar para me desenvolver como jogador. Espero dar muitas alegrias ao torcedor e conquistar título", disse Rodrigo sobre o acerto com o Real Madrid, em declarações reproduzidas pelo site do Novorizontino.

O contrato de Rodrigo com o Real Madrid inclui cláusulas de metas, que podem render benefícios financeiros extras ao Novorizontino (as cifras totais não são reveladas pelas partes). Uma delas se refere ao aproveitamento futuro no elenco principal do clube.

Lances do atacante (vídeo de sua página profissional):

Mais Futebol