Após marcar em 1ª final, destaque da base falha em dia ruim do Corinthians

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

    Carlos Augusto, apontado como um dos mais promissores da base

    Carlos Augusto, apontado como um dos mais promissores da base

O zagueiro Carlos Augusto teve um dia para esquecer neste sábado, no Morumbi, na final da Copa do Brasil sub-20. Considerado um dos melhores jogadores da base corintiana, ele havia feito um dos gols na vitória do jogo de ida, mas na volta, cometeu uma falha sozinho e marcou um gol contra. Foi o segundo da partida e abriu caminho para a prevalência dos garotos tricolores sobre os alvinegros.

O Corinthians acabou sendo amplamente dominado pelo São Paulo e perdeu por 4 a 0.

Do lado corintiano, o jogo marcou a despedida do técnico Dyego Coelho, que foi promovido ao profissional e será auxiliar de Osmar Loss no time de cima.

Em um dos lances capitais do jogo, Carlos Augusto estava com a bola dominada na defesa, mas permitiu que ela escapasse de seu domínio. Pressionado pelo atacante são-paulino Toró, ele tentou desviar a bola para fora, mas acabou chutando contra o próprio gol. A jogada surpreendeu porque Carlos é apontado como um dos nomes mais promissores do time e vinha fazendo atuações seguras no campeonato.

No jogo em Itaquera, ele tinha aproveitado sua estatura para fazer um dos gols da vitória alvinegra ao completar um cruzamento de cabeça.

Sua falha individual, porém, não foi a única da defesa corintiana no Morumbi. No segundo tempo, ao tentar rebater um chutão que veio da defesa do São Paulo, o goleiro Diego se precipitou e saiu da área para cortar de cabeça. A bola acabou caindo nos pés do são-paulino Gabriel Novaes, que encobriu o goleiro.

Com um jogador a menos por causa da expulsão de Ronald, o time alvinegro não conseguiu equilibrar a partida e não mostrou a mesma consistência defensiva que tem sido característica dos profissionais no último ano.

Depois da derrota, o técnico Dyego Coelho exaltou a campanha na Copa do Brasil e, emocionado, se despediu dos garotos, que agora serão comandos pelo recém-contratado Eduardo Barroca, ex-Botafogo.

"O Corinthians forma homens", disse Coelho. "Esse estava descreditado, mas chegou à final. Hoje não conseguimos mostrar um bom futebol, enfrentamos um time muito duro. Mas o trabalho foi bem feito, e não será um jogo ruim que vai apagar isso."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos