Corinthians busca estabilidade na lateral esquerda após apostas sem efeito

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / FRANCOIS LO PRESTI

    Diretoria do Corinthians acertou a contratação por empréstimo do lateral Danilo Avelar

    Diretoria do Corinthians acertou a contratação por empréstimo do lateral Danilo Avelar

O Corinthians ainda tenta encontrar estabilidade na lateral esquerda depois da saída de Guilherme Arana. Mesmo seis meses depois da transferência do jogador para o Sevilla, da Espanha, o clube paulista ainda não encontrou uma solução concreta para a posição - o titular Sidcley está emprestado até dezembro deste ano e a continuidade é incerta.

A nova aposta da diretoria corintiana é Danilo Avelar, jogador de 29 anos que pertence ao Torino, da Itália e deve assinar contrato ainda nesta semana. O alvinegro acertou a contratação por empréstimo depois de uma busca sem efeito no começo da atual temporada - na ocasião, o modelo de negócio proposto não agradou aos italianos, que preferiram a transferência definitiva.

Na época da tentativa fracassada, o Corinthians concentrou forças para contratar Juninho Capixaba, destaque do Bahia no Campeonato Brasileiro. Tal cenário fez o clube apostar alto no jogador. Para incorporá-lo ao elenco, a diretoria ainda encabeçada por Roberto de Andrade desembolsou R$ 6 milhões por 70% dos direitos econômicos, além de ceder parte dos direitos do goleiro Douglas ao time baiano.

Na ocasião, Guilherme Romão, jogador revelado pelo Corinthians, voltou de empréstimo e também passou a fazer parte do elenco. Dessa forma, o Corinthians iniciou a temporada com a dupla como opções para o técnico Fábio Carille.

Romão, no entanto, desapontou o treinador logo na estreia do Campeonato Paulista. Expulso de campo nos minutos finais da derrota para a Ponte Preta no Pacaembu, o jogador saiu dos planos do clube e voltou a ser emprestado ao Oeste. Juninho, titular nos jogos seguintes, mostrou-se frágil defensivamente e perdeu a posição para o volante Maycon, que cumpriu bem a função mesmo de forma improvisada.

Em fevereiro, o Corinthians acertou uma troca inesperada a fim de consertar o "problema". Sidcley chegou ao clube por empréstimo, enquanto o volante Camacho se transferiu ao Atlético-PR. O novo contratado deu, enfim, estabilidade à posição. 

Bem avaliado, Sidcley viu a diretoria passar a tentar contratá-lo em definitivo. Os valores pedidos pelo Atlético-PR, entretanto, assustaram os corintianos - os paranaenses querem 3 milhões de euros pelo atleta (R$ 13 milhões, pela cotação atual).

Nos últimos dias, o Corinthians também renovou o contrato de uma das promessas da base para a posição. Carlos Augusto, de 19 anos, assinou novo vínculo, com término no fim de 2021. O jogador, que foi inscrito no último Paulista, tem boas chances de ser aproveitado por Osmar Loss nos próximos jogos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos