B. Henrique diz que time do Palmeiras estava triste com situação de Scarpa

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Twitter/SE Palmeiras

A angústia por não poder entrar em campo em uma partida oficial não incomodava somente Gustavo Scarpa – e os torcedores do Palmeiras, que queriam contar com o atleta. O imbróglio na Justiça com o Fluminense, que fez o meia romper com a equipe alviverde, também deixava os companheiros apreensivos, conforme revelou Bruno Henrique nesta quinta-feira (12).

"A gente fica muito contente por ele, desde o começo do ano recebemos ele muito bem, é um cara muito 10. A gente ficou triste, o jogador quando não joga fica mal. A gente estava muito mal por ele, pela situação. Graças a Deus deu certo. A gente fica contente, vai nos ajudar muito. Recebemos de portas abertas novamente", disse o volante à "ESPN".

O problema na Justiça com o clube das Laranjeiras impedia Scarpa de entrar em campo por qualquer outra equipe. A última partida oficial disputada por ele foi em 11 de março. Naquele dia, em que o Palmeiras venceu o Ituano por 3 a 0, pelo Campeonato Paulista, Scarpa fez dois gols.

Bruno Henrique também foi perguntado sobre o atacante Dudu, muito assediado pelo futebol chinês nos últimos dias. Apesar das investidas, o Palmeiras recusou mais uma proposta do Shandong  Luneng, que pretendia levar o camisa 7 por 15 milhões de euros (R$ 67,3 milhões).

"O Dudu está tranquilo, treinando normalmente. Também torcemos por ele, que aconteça o que for melhor para ele e para o clube", acrescentou o camisa 19.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos