Neymar rebate desvalorização pós-Copa e pai endossa: "por que mudar?"

Bruno Freitas

Do UOL, em São Paulo

  • Imagem/Brazil News

    Neymar com Bruna Marquezine. Atacante fez primeira aparição pública após a Copa

    Neymar com Bruna Marquezine. Atacante fez primeira aparição pública após a Copa

De David Brazil a Roberto Justus, do presidente do PSG a Sabrina Sato – Neymar fez sua primeira aparição pública depois da eliminação da seleção na Copa cercado de um pelotão de amigos celebridades, prontos para defender o atacante das críticas recentes. Na última quinta, o camisa 10 brasileiro no Mundial foi estrela de um leilão beneficente em São Paulo. No evento, o ídolo rebateu a tese de que teve a marca desvalorizada com o fracasso na Rússia e ganhou a defesa do pai.

Neymar encarou a imprensa pela primeira vez depois da derrota para a Bélgica há duas semanas, já que em Kazan preferiu não falar (se manifestou apenas pelas redes sociais). Alvo de uma série de críticas na comunidade do futebol em razão do desempenho na Copa, de ex-jogadores a rivais, de imprensa estrangeira a figuras como o comentarista Casagrande, o atacante sinalizou que as circunstâncias da eliminação não mudarão sua linha de atitude na carreira.

"Desvalorização? Eu saí da Copa e estão até agora falando do meu nome. Então não desvalorizou. Não me esquecem nunca", respondeu Neymar durante o leilão beneficente em prol de seu instituto, que trabalha com crianças em Praia Grande.

"Sei que as coisas caem nas minhas costas, mas não tem problema. Minhas costas são bem largas, já estou acostumado com isso", acrescentou o jogador.

Pai e irmã defendem: "Não liga para críticas"

Figura decisiva na condução da carreira de Neymar, o pai do atacante também se pronunciou sobre as teóricas lições da Copa da Rússia. Para o empresário, as dificuldades recentes são coerentes com a trajetória de superação do filho.

"O Neymar é o mesmo desde a época do Santos. É o mesmo jogador, não mudou nada. Conquistou tudo que conquistou da mesma forma. Por que mudar se as coisas estão dando certo?", afirmou Neymar pai.

reprodução/Instagram
Neymar pai posa para foto ao lado de Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG

"Tudo na vida do Neymar é exagerado, tanto nos elogios, quanto nas críticas. Isso é normal, está no roteiro. A gente só tem que ter tranquilidade, refletir, saber o que fez certo, o que não fez. Pelo tamanho que ele se tornou, pela grandeza como jogador, isso é normal. Da mesma forma que as pessoas reclamam que ele é exageradamente mimado, supervalorizado, as críticas vão vir no mesmo tamanho, proporcionalmente", acrescentou o pai do jogador.

Rafaella Santos, irmã de Neymar, também se manifestou no evento em defesa do atacante, afirmando que o ídolo está imune aos comentários. "As pessoas falam o que elas querem falar, é a realidade e ele não se importa com as críticas negativas, faz parte do mundo dele tudo isso", disse.

Memes não incomodam e sem medo de apanhar

A farta produção de memes de internet usando imagens de Neymar no chão durante a Copa do Mundo ficou como a principal marca do craque no torneio. Na última quarta, o atacante da seleção publicou um vídeo nas redes sociais brincando com um grupo de crianças e tirando sarro da fama de "cai-cai". No evento de quinta, o jogador disse que não leva as gozações a sério.

"Eu levo na brincadeira, não fico bravo. Só dou risada, e aí a gente entra na onda. Foi um momento ali em que eu estava com as crianças e resolvi fazer", explicou o jogador do PSG, em entrevista a Fox Sports, que disse que não vê motivos para repensar seu estilo em campo.

"Você acha que eu quero ficar sofrendo falta toda hora? Eu não posso pedir licença para o marcador: 'dá licença que eu quero passar'. Eles vão continuar batendo. Até porque eu sou rápido e mais leve. E dói, machuca. Vou continuar colocando gelo depois. Quem não viveu isso de verdade nunca vai saber", declarou.

Amigos em sintonia no discurso de defesa
Imagem/Brazil News

O leilão para arrecadar fundos ao instituto de Neymar atraiu um séquito de personalidades a um hotel de luxo em São Paulo na última quinta. Bruna Marquezine acompanhou o namorado e foi uma das muitas estrelas da TV presentes ao evento. Do universo do esporte, o atacante da seleção ganhou um discurso bastante sincronizado de defesa contra críticas da Copa.

Em exclusiva para Fox Sports no tapete vermelho, o colega de Paris Saint-Germain, Daniel Alves disse ver as reações contra o amigo como "exageradas". Nasser Al-Khelaifi, presidente do clube francês, foi na mesma linha de raciocínio: "Neymar deu o seu melhor após a contusão, deu o seu máximo. Após a recuperação, ele jogou bem".

Outros nomes do futebol procuraram contemporizar a avaliação do desempenho de Neymar na Copa, marcado por dois gols (Costa Rica e México), uma atuação apagada na derrota para a Bélgica nas quartas e muitas críticas contra supostos exageros em reações a faltas recebidas.

"Eu estava na Copa de 1998 e aconteceu o mesmo com o Ronaldo também, as pessoas sempre escolhem alguém. Acho que teve muito exagero nesse tratamento de parte da imprensa com ele (Neymar)", afirmou o ex-jogador Denílson no evento.

"Vou dar um abraço no Neymar. Eu tenho certeza de que o Brasil vai ser campeão da próxima Copa do Mundo. Essa Copa que passou serviu de grande exemplo para ele", comentou Vanderlei Luxemburgo, ex-técnico de Neymar no Santos.

Sobre o leilão em São Paulo

Esta foi a segunda edição do leilão beneficente em prol das atividades da instituição de Neymar em Praia Grande, que desde 2014 trabalha com inclusão social de crianças e jovens da região. Cerca de 700 pessoas foram convidadas para o evento em São Paulo nesta quinta. No ano passado, foram arrecadados R$ 2,5 milhões.

Entre as experiências leiloadas na quinta estiveram camisa e bola da seleção autografadas por Neymar e Pelé, vaga para jogar uma partida de "futebol de cinco" no time do atacante, encontro com o craque do PSG durante a gravação do programa "Neymar Jr. Entre Amigos", a ser exibido pelo SBT e Fox Sports, além de encontro com a modelo Gisele Bündchen em Nova York.

A lista turbinada de personalidades presentes no evento em São Paulo contou com nomes como Pedro Bial, Glória Maria, Serginho Groisman, Tom Cavalcante, Juliana Paes, Bruno Gagliasso, Sabrina Sato, Isis Valverde, Roberto Justus, entre outros. 

Imagem/Brazil News
Atriz Juliana Paes foi uma das estrelas no evento do instituto de Neymar em São Paulo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos