"Nômade", Anderson Martins quer vida longa e títulos no São Paulo

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Zagueiro foi contratado em janeiro pelo Tricolor e disputou 16 partidas na temporada

    Zagueiro foi contratado em janeiro pelo Tricolor e disputou 16 partidas na temporada

Após cumprir suspensão na partida contra o Vasco da Gama na 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, Anderson Martins está livre para voltar ao time titular do São Paulo. Ele disputa posição com Bruno Alves e Robert Arboleda para iniciar o confronto de domingo, às 16h, contra o Sport. Vencer na Ilha do Retiro dará a certeza de que o Tricolor continuará líder da Série A. Uma tarefa que, para o zagueiro, é mais difícil do que chegar à primeira colocação.

"É mais difícil é manter a liderança. Agora começa o segundo turno as coisas começam a acontecer para quem briga  para não cair e para quem briga lá em cima. Estamos trabalhando e temos que encarar como uma final cada jogo. Será um jogo muito difícil contra o Sport. Vamos defender a liderança e esperamos manter esse bom momento", projetou o camisa 4, à ESPN Brasil.

Anderson chegou ao São Paulo em janeiro e disputou somente 16 partidas, com um gol marcado. Em sua carreira, o beque de 30 anos se acostumou a uma alta rotatividade de clubes - desde 2012, defendeu seis equipes -, mas agora quer mudar essa sina. A ideia é permanecer no Tricolor por mais tempo. O contrato com o time do Morumbi é válido até o fim de 2020.

"Não consegui um trabalho mais duradouro nas equipes que passei. E você precisa de uma sequência, precisa conquistar títulos para ficar marcado. No São Paulo meu objetivo é esse. É ter um pouco mais de tempo e conquistar títulos. Meu desejo é ficar bastante aqui até porque joguei por um bom tempo fora", disse, relembrando as passagens pelo Qatar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos